Ozzy Osbourne dá último adeus a São Paulo com show repleto de hits

O Príncipe das Trevas está se aposentando dos palcos e passou pela capital paulista neste último domingo (13)

Foto: TMDQA!
  

É, a brincadeira parece ter realmente acabado para Ozzy Osbourne. Mas o notório cantor se recusa, da melhor maneira possível, a deixar transparecer que o tempo passou.

Com quase 70 anos nas costas curvadas, o frontman do Black Sabbath decidiu encerrar a carreira nos palcos com a extensa turnê No More Tours 2 — que deve durar até 2020. Neste último domingo (13) de dia das mães, Osbourne passou por São Paulo para se despedir com grande estilo dos fãs paulistas que tanto lotaram seus shows nas últimas décadas.

Em um Allianz Parque surpreendentemente cheio — os ingressos pareciam encalhados pouco antes da apresentação –, o Príncipe das Trevas subiu ao palco às 21h30 em ponto, trajando um espalhafatoso sobretudo roxo com lantejoulas, enquanto um vídeo mostrando os melhores momentos de sua carreira era exibido no telão. O cantor emendou uma dobradinha de “Bark at the Moon” e “Mr. Crowley” logo no começo e, apesar do barulhento coro da plateia, “reclamava” a todo momento que ainda não conseguia ouvir seus fãs. Um charme que incentivou ainda mais o público.

Ao decorrer da apresentação, Ozzy passeou com facilidade por sua carreira solo, mandando sons como “Suicide Solution”, “No More Tears”, “Crazy Train” e outros clássicos. Por outro lado, os órfãos do Sabbath — que encerrou de vez as atividades no ano passado — também não saíram de mãos vazias. Canções como a icônica “War Pigs”, “Fairies Wear Boots” e “Paranoid”, responsável por encerrar o show, inflamaram ainda mais um público que parecia possuído pela voz de Osbourne. E já que estamos neste assunto, vale ressaltar que o músico teve uma performance vocal bem impressionante durante a apresentação. As pausas para dar uma respirada, que eram repletas de solos de guitarra de Zakk Wylde e alguns solos de bateria de Tommy Clufetos, parecem ter ajudado muito o cantor neste quesito, que sempre voltava revigorado depois de um pulo no backstage.

Um momento de destaque fica com a performance da balada “Mama, I’m Coming Home”, que contou com um jogo de luzes incrível — tanto do palco e do estádio, quanto da plateia, que iluminou o Allianz com o flash do celular.

A última apresentação de Osbourne na capital paulista deixou claro que, apesar da energia e da entrega absurdas para um senhor de sua idade, o cantor precisa descansar. E está mais do que autorizado a fazê-lo, tendo em vista sua contribuição tremenda para a música e o amor que tem pelo seu trabalho. O sentimento que fica é o de honra por ter visto este ícone do heavy metal uma última vez, e em um espetáculo que quem viu vai lembrar para o resto da vida.

Bom descanso, Ozzy! Sentiremos saudades.

Última turnê no Brasil

O cantor ainda passa por Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro nos próximos dias. Confira todas as informações clicando aqui.

Setlist – Ozzy Osbourne em São Paulo

1. Bark at the Moon
2. Mr. Crowley
3. I Don’t Know
4. Fairies Wear Boots (Black Sabbath)
5. Suicide Solution
6. No More Tears
7. Road to Nowhere
8. War Pigs (Black Sabbath)
9. Miracle Man / Crazy Babies / Desire / Perry Mason (solo de guitarra de Zakk Wylde)
10. Flying High Again
11. Shot in the Dark
12. I Don’t Want to Change the World
13. Crazy Train

Bis:
14. Mama, I’m Coming Home
15. Paranoid (Black Sabbath)

 
Compartilhar

Comentários