Pearl Jam
Foto por Danny Clinchlow
 

O Pearl Jam lançou no último mês de Março o single “Can’t Deny Me”, que traz um tom bastante político e com referências claras ao presidente americano Donald Trump.

Em recente entrevista para divulgar seu trabalho solo, o baixista Jeff Ament foi questionado sobre a motivação da canção e sua opinião acerca do político. Leia um trecho:

Ah, cara, por onde eu começo? Isso é um pesadelo? Porque parece um pesadelo. Eu acho que quando ele começou a falar sobre concorrer à presidência, uns seis ou sete anos atrás, eu me lembro de pensar algo tipo, ‘que piada’, e não tenho certeza do que ele fez. Mas, tipo, metade das posições no gabinete não estão preenchidas, então eu não sei quem está dirigindo este carro agora.

Ainda conversando sobre política, o músico também deu seu parecer sobre as recentes declarações polêmicas de Kanye West, que reforçou seu apoio ao presidente nas últimas semanas.

Eu amo o Kanye, o vi em sua última tour e achei que aquilo foi uma das melhores coisas do mundo, mas depois ele abriu a boca e eu mudei de lado. Eu acho que ele está, sabe, com as Kardashians e essa coisa toda. Tudo isso é uma estratégia de publicidade. Ele esteve fora das manchetes por alguns meses, então acho que está procurando gerar algumas [notícias].

Compartilhar