Duff McKagan
 

Em uma nova entrevista para o MusiCares, o baixista Duff McKagan entrou em detalhes sobre o início de sua carreira musical.

Apesar de ter conquistado a fama em Los Angeles ao entrar para o Guns N’ Roses, McKagan nasceu e cresceu em Seattle, uma grande “meca” da música americana durante as décadas de 80 e 90.

“A heroína chegou forte nessa área lá por 1981 e 1982”, ele começou a contar sobre a cena local. “Eu estava chegando em uma idade, 19 anos, onde ou eu encarava isso ou calava a boca. Tinha tanta droga nessa cidade, isso contaminava a nossa cena local”.

Em seguida, o músico ponderou sobre a decisão de ter abandonado a cidade. Ele chega a dizer que, caso não tivesse ido para Los Angeles, poderia ter acabado em outras bandas de sucesso da área — como o Soundgarden.

Eu trabalhava como cozinheiro em um determinado local e Bruce Pavitt [fundador da gravadora Sub Pop] era cozinheiro. Eu disse, ‘Estou indo para Los Angeles, eu acho que é a minha única chance de fazer algo’. Se eu tivesse ficado lá, eu talvez estaria tocando no Soundgarden. Sempre penso nisso.

Por fim, ele falou sobre ter virado amigo de Kim Thayil, o guitarrista do Soundgarden, durante os anos 90.

Assim que eu pude, eu comprei uma casa em Seattle no começo dos anos 90 e eu pude realmente observar a cena local crescendo, conheci um monte de jovens músicos. Eu conheci muita gente através do Mike McCready [guitarrista do Pearl Jam]. Eu conheci Mark Lanegan do Screaming Trees. Mark tinha uma carreira solo muito boa em andamento, eu pude tocar em alguns dos discos dele.

Eu ia a jogos do Sonics com o Thayil. Existe essa liga chamada NBA, e [Seattle] costumava ter um time chamado SuperSonics, eles eram os melhores. Eles estavam invictos nessa temporada, percebeu? Nenhuma derrota. Então Kim e íamos aos jogos do Sonics.