Kanye West em 2016
Foto de Kanye West via Shutterstock
 

Uma estação de rádio de Detroit, nos Estados Unidos, tomou a decisão de banir as músicas de Kanye West após declarações polêmicas do rapper.

Em uma entrevista recente para a TMZ, West comentou sobre achar que a escravidão de pessoas negras ao longo da história foi uma “escolha” da própria população negra.

Mesmo tentando “explicar” seus comentários através do Twitter, Kanye acabou sendo o alvo de críticas de diversos colegas de trabalho, pessoas da indústria e fãs.

Agora, os apresentadores BiGG e Shay Shay da rádio 105.1 se pronunciaram sobre o incidente e disseram estar “cansados” das atitudes do rapper, revelando que não irão mais promover o trabalho do cara em sua plataforma.

Você pode conferir o anúncio oficial da rádio logo abaixo.

Morning Bounce- #MuteKanye

We feel like Kanye has gone too far with his latest statement declaring that “slavery was a choice.” We are over it. We don’t want to hear Kanye’s music, we don’t want to play Kanye on our show, we don’t want to talk about Kanye anymore. So we are taking a stand and we aren’t playing his music anymore; we just are refusing to give him a platform. -BiGG & Shay Shay from the Morning Bounce #MuteKanye

Posted by 105.1 The Bounce on Thursday, May 3, 2018

 
 
Compartilhar