Foto: Reprodução/YouTube
  

Após divulgar o novo Papa, o Ghost deu uma entrevista para a revista britânica Metal Hammer falando um pouco sobre os temas centrais de seu novo álbum, Prequelle.

Tobias Forge, a mente por trás do grupo, disse que o disco será bastante centrado “na morte e no fim iminente”.

E o que levou a esse tema foram as mortes de ícones como Lemmy, do Motörhead, David Bowie e Prince.

Tinham algumas coisas que queria abordar com o Prequelle que não acho que já haviam sido ditas, e tinham muito pouco a ver com o que veio antes.

Esse disco é centrado na morte e no fim iminente – mesmo que talvez seja o nosso próprio – e recentemente vimos o falecimento de vários de nossos ídolos mais velhos.

Mesmo tendo citado Bowie e Prince como artistas cujo a morte o afetaram bastante, Tobias falou mais detalhadamente sobre Lemmy.

Ronnie James Dio foi um, mas acho que, especialmente quando o Lemmy faleceu, assim como Bowie e Prince logo depois, isso me afetou muito. Parecia que eram nossos pais falecendo.

Acho que aceitamos pessoas como o Lemmy como parte do nosso dia a dia – ele sentaria à nossa mesa para sempre, mas agora tem uma cadeira bem vazia. Definitivamente me afetou muito mais do que eu imaginava.

Me fez querer ter um pouco mais de atenção no que diz respeito a tentar ter certeza de que você está criando as melhores oportunidades que tiver com os mais velhos. Isso é algo que afetou muito a mim e ao disco.

Ghost

Prequelle, o quarto trabalho da banda, sai no dia 1 de Junho, e já tem um single de divulgação, intitulado “Rats“. Confira os detalhes do novo álbum aqui.

Como foi possível ver no anúncio de turnê que a banda fez hoje, com direito a trechos de outras inéditas, papas embalsamados e shows em arenas dos EUA, a morte é realmente o tema central do álbum.