State of Meister
 

Em 2017 a gente falou bastante sobre o Jäger Grounds por aqui.

O projeto idealizado pela marca de bebidas Jägermeister tinha como principal objetivo dar espaço a bandas independentes do rock brasileiro, e o fez com uma fórmula das mais bacanas.

O pessoal juntou supergrupos formados por integrantes de bandas já consolidadas como Ratos de Porão, Vespas Mandarinas e CPM22, ao lado de membros de novos grupos, como Sky Down, Corona Kings e Color For Shane.

Juntos, eles entraram em estúdio, regravaram músicas de bandas do underground e também se apresentaram em festas organizadas pelo projeto, sobre as quais nós falamos por aqui após termos visitado cada uma delas.

A novidade agora é outra: State of Meister é o nome de um documentário realizado sobre o projeto e que mostra os bastidores de tudo que rolou durante ensaios e gravações, com um papo sincero e dos mais bacanas entre os integrantes das bandas.

O curta metragem foi dirigido e editado por GG. Di Martino e a produção executiva de todo projeto é de Deb Babilônia, e nós conversamos com os dois a respeito dessa iniciativa incrível.

State Of Meister

TMDQA!: Entre tantas possibilidades no mundo da música para criar um projeto e
relacioná-lo à marca, como surgiu esse formato específico do ano passado e
como foram pensadas as bandas que estariam nele?

Deborah: Desde 2015 nós fazemos projetos voltados a artistas independentes. Em 2016 convidamos algumas bandas autorais para gravarem músicas inéditas em estúdio e criamos uma playlist Jägermeister Grounds no Spotify. No ano de 2017, para dar a continuidade ao projeto com bandas independentes, resolvemos fazer uma jam entre músicos de vertentes diferentes dentro do rock. A ideia foi convidar músicos mais experientes para que compartilhassem conhecimentos e momentos com outros músicos que estão traçando sua trajetória e assim aprenderem uns com os outros. Estamos sempre em busca de novas formas de trocas de experiências entre os artistas.

TMDQA!: A ideia de fazer referências com covers a artistas que têm influência na cena mas muitas vezes não têm a visibilidade que merecem é muito interessante.
Como ela surgiu e como eram definidas as canções entre grupos que, por si só,
já tinham várias ideias diferentes já que contavam com membros de bandas
distintas?

Deborah: Convidamos o Badauí (CPM22), Jão (Ratos de Porão) e o Chuck Hipolitho (Forgotten Boys / ex-Vespas Mandarinas), para atuarem como padrinhos, um de cada grupo. Foi pedido que eles escolhessem uma música da playlist Jägermeister Grounds, e que junto aos outros integrantes dos respectivos times, trabalhassem na criação de uma versão da faixa. O intuito foi unir forças por todos os lados, tanto na escolha de uma canção de banda independente quanto a de fazer com que os envolvidos interagissem.

TMDQA!: Sobre o documentário, quem foi o responsável pela sua produção? A estética
mais sujona sempre foi uma ideia para retratar o que é e o que foi o Jagermeister
Grounds?

Deborah: Os responsáveis foram todos da equipe Jägermeister junto ao Giuliano DiMartino, que dirigiu e editou o documentário. A estética sujona vem do Giuliano que trabalha em parceria com nós desde que começamos os projetos musicais.
A ideia sempre foi trazer para as artes referências do meio independente alternativo de forma verdadeira. Jägermeister Grounds é um apoio ao cenário criativo quase que abandonado, infelizmente.

TMDQA!: Como foram as gravações dos depoimentos para retratar o projeto através do
documentário? Que histórias de bastidores marcaram vocês na produção e
podem ser contadas, ou pelo menos lembradas, aqui na estreia?

Giuliano: O clima das gravações estava incrível. Por sermos todos amigos ou conhecidos, ficou um a coisa natural. Não foi aquela coisa de “pergunta e resposta”, foi bem pessoal. Eu pessoalmente fiquei bem envolvido com a história do Jão. O Ratos é uma das minhas bandas favoritas. Pra mim, é a maior banda desse país, também foi uma das primeiras que eu assisti a um show, com 12 anos de idade. Então, saber como ele começou, como criaram o hardcore no Brasil do zero, foi muito especial pra mim. Uma honra participar disso com ele.

TMDQA!: Quais são os próximos passos do projeto? 
Deborah: Estamos com algumas ideias já para esse ano de ampliar o que temos feito, vêm novidades por aí!

State of Meister

O curta-metragem será disponibilizado no dia 04 de Maio no canal da Jägermeister Brasil no YouTube.

Logo abaixo você pode assistir a um teaser do que vem por aí.