(ilustração: Henrique Codonho/foto: Rodrigo Alves)
 

Um movimento orgânico, autêntico, que bagunçou a forma como o rock estava sendo feito e incomodou o status quo nos anos 70, quase que simultaneamente no Reino Unido e nos Estados Unidos. Rapidamente, o punk tomou conta também do Brasil e do mundo.

Mas e hoje, com o retorno de alguns movimentos autoritários e extremistas por todo o planeta… o punk deveria voltar a tomar as rédeas do protesto na música? Ou a cultura punk já foi incorporada por outros estilos que hoje são mais populares, como o hip hop e o funk?

Neste episódio, convidamos o jornalista Rodrigo Alves, comentarista de basquete do SporTV que é fissurado por punk, fez um roteiro temático pela Califórnia e nos contou tudo. Também entrevistamos uma das maiores bandas punk do Brasil, o Cólera. O grupo, que está completando 40 anos de história, acaba de lançar o primeiro disco de inéditas em 14 anos.

Você pode dar play abaixo ou procurar por nós no seu celular, em aplicativos como iTunes, Podflix, Deezer ou o agregador que já vem no sistema. Tem comentários? Mande sua mensagem no nosso Facebook.

Ficha técnica

Duração: 1h20’16”
Apresentação e edição: Rafael Teixeira
Debatedores: Tony Aiex, Nathália Pandeló Corrêa e Daniel Pandeló Corrêa
Convidado: Rodrigo Alves
Vinhetas: Natália André
Ilustrações: Henrique Codonho

Links

Especial “Punk na Califórnia”, por Rodrigo Alves
Entrevista Cólera
Entrevista Neck Deep
Faixa Título: ditando as próprias regras, o funk é punk em seu melhor momento

Músicas

The Degs – Shotgun
Ramones – Sheena is a Punk Rocker
Rancid- Ruby Soho
Green Day – She
Cólera – Deixe a Terra em Paz, O Caos e Somos Cromossomos
Inocentes – Pânico em SP
Patti Smith – Gloria
MXPX – Wrecking Hotel Rooms
At the Drive-In – Arcarsenal