R. Lee Ermey em 2006
Foto de R. Lee Ermey via Shutterstock
 

Morreu hoje mais cedo o ator e fuzileiro naval dos Estados Unidos R. Lee Ermey, aos 74 anos de idade.

Ermey ficou conhecido por papéis no cinema que sempre tinham a ver com a sua profissão, e um dos personagens mais icônicos que interpretou foi o sargento Hartman, em Nascido Para Matar, clássico do diretor Stanley Kubrick lançado em 1987 e considerado um dos melhores filmes da história sobre a Guerra do Vietnã.

Pelo filme, ele ganhou uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante, e o cara definitivamente ganhou a simpatia do difícil Stanley Kubrick, já que teve a permissão para escrever/editar os seus diálogos e também recebeu elogios sobre como precisava de poucos takes para gravar uma cena.

Isso era uma verdadeira raridade no universo dos filmes de Kubrick, já que por exemplo em O Iluminado, há rumores de que uma cena com Shelley Duvall tenha sido gravada pelo menos 35 vezes, com gente garantindo que foram mais de 100.

Para interpretar o icônico papel do sargento durão, Ermey usou a sua própria experiência, já que esteve por 14 meses no Vietnã e também serviu no Japão.

Depois de Nascido Para Matar, R. Lee Ermey participou de mais de 60 filmes, e também esteve como ator ou dublador em clássicos como Toy Story 2, Toy Story 3 (onde dava voz aos soldados de brinquedo), The Simpsons, Family Guy, Bob Esponja, Miami Vice, Scrubs e mais.

Ele faleceu após complicações por conta de uma pneumonia. Que descanse em paz.