Fim de uma era: o influente PureVolume encerra as atividades

Plataforma foi fundamental para sucesso de Gym Class Heroes, Paramore, My Chemical Romance e mais

Purevolume
 

Em 2003 as opções para que as bandas hospedassem as suas músicas na Internet não eram assim tão vastas, e um site chamado PureVolume foi fundado.

A ideia era que o local fosse uma espécie de “revista com som”, onde havia editoriais, conteúdo pago e, mais importante, seleções dos seus editores com bandas que se destacavam e mereciam a atenção de todo mundo.

A plataforma tornou-se reduto do rock alternativo, principalmente de subgêneros como o pop-punk, o emo e o post-hardcore, e um dos grandes exemplos de sucesso foi o Gym Class Heroes, que após duas semanas na área de destaques do site, conseguiu uma reunião com a gravadora Fueled By Ramen e acabou se tornando um dos grandes nomes da música nos anos 2000.

Outras bandas que fizeram bom uso e ganharam exposição (e fãs) no PureVolume foram nomes como Paramore, Fall Out Boy, All Time Low, My Chemical Romance, Panic! At The Disco e Twenty One Pilots, mas como tudo nessa vida acaba um dia, a plataforma está chegando ao fim.

Se você entrar no site do PureVolume, será recebido com uma mensagem que diz que as bandas têm até o dia 30 de Abril para baixar as músicas de lá, já que as operações serão encerradas.

Por lá também é possível encontrar perfis e matérias recentes com artistas como Frank Iero, Death From Above, Silverstein e mais.

Perfis ativos

Outra curiosidade, como bem aponta o site Brooklyn Vegan, é que perfis de artistas hoje renomados ainda estão ativos por lá.

Um exemplo é o de Stefani, conhecida hoje como uma tal de Lady Gaga. Outro é o de Bethany Sharayah, hoje Bethany Cosentino, vocalista e guitarrista do Best Coast.

Descanse em paz, PureVolume.

 

Comentários