Lançamentos Nacionais: Oruã, Anhangabahy, Neon Pigs, Televisia

Bandas nacionais fomentam a cena divulgando seus trabalhos recentes

Oruã
Foto: Shay Reis
 

A banda Oruã divulgou o clipe da música “Sem Bênção/Sem Crença”.

Faixa-título do álbum lançado ano passado, “SB/SC” é um emaranhado de ruídos agressivos e melodias longas, denotando com uma finalidade provocante e volúvel. Trazendo um pouco de shoegaze e o rock psicodélico em sua forma mais visceral, eles afeiçoam essa narrativa musical para equilibrar suas influências individuais.

Filmado em Búzios, no Rio de Janeiro, o clipe tem direção de Lê Morais e Jorge Polo, e mostra uma mistura inebriante da estética visual com a densa dramaticidade da guitarra, com luzes piscando e imagens superexpostas. Assista:

Anhangabahy

Anhangabahy
Foto: Rui Mendes

O trio Anhangabahy divulga o clipe da canção “Anhangabaú – Não Passarão”.

Assim como a origem do trio, formado pelo casal de atores Hévelin Gonçalves e Rui Xavier juntamente com o músico Wady Fernandes, a canção surgiu através das tensões que assolam o nosso país, e renova a tradição da canção como forma de protesto, num samba lírico e contemporâneo com influências eletrônicas.

O clipe, criado coletivamente, foi gravado na Ocupação Artística Ouvidor 63 – a maior galeria de arte independente da América Latina – e no próprio Vale do Anhangabaú, contando com a participação do bailarino de break dance Igor Liminha, que soma ao vídeo a força da arte popular e periférica. Assista:

Anhangabaú – Não Passarão (Videoclipe)

"Querem confundir liberdade e prisão,Não passarão, não passarão!" ✊✊✊ A música Anhangabaú – Não Passarão, renova a tradição da canção protesto, num samba lírico e moderno com influências eletrônicas. O single é o primeiro da banda. O clipe foi criado coletivamente. As gravações aconteceram na Ocupação Artística Ouvidor 63 – a maior galeria de arte independente da América Latina – e no próprio Vale do Anhangabaú.Música: Letra, Melodia, Voz: Rui Condeixa XavierHarmonia, Violão, Voz: Wady Issa FernandesVoz: Hevelin GonçalvesProdução Musical, Baixo, Guitarra: Kiko MediciPercussão: Ilker EzakiClipe: Criação: Anhangabahy, Stefani Mota, Raphael Enes, Fabio EnesCâmera: Fábio Enes – Edição: Rui Condeixa, Finalização: Caio PolesiBailarino (bboy): Igoor Limaah / Igoor LiminhaAgradecimentos:OCUPA OUVIDOR 63, Sirius Amen, Laila Sala, CEU Heliópolis, Casa Plátano (Peripécia Filmes & Cá entre Nós Filmes Artesanais), Caio PolesiAssista no Youtube: https://youtu.be/iy2gfMX0vwMLetra Completa: https://goo.gl/7DnKTZCifra: https://goo.gl/RDZANLPara ouvir e comprar:Spotify: https://goo.gl/R7keq8iTunes: https://goo.gl/1DD5haDeezer: https://goo.gl/hdTi48Google Play: https://goo.gl/5VR62h#aniversariodesaopaulo #naopassarao #golpe #musica #mpb #videoclipe #musicvideo #democracia #bandaindependente #anhangabahy

Posted by Anhangabahy on Thursday, January 25, 2018

Neon Pigs

Neon Pigs
Foto: Reprodução/Facebook

O duo Neon Pigs divulgou recentemente o seu EP homônimo. Projeto criado por dois músicos, Gabriel Perry e Igor Carvalho, em seu primeiro trabalho mostra um instrumental rebuscado e letras objetivas, fazendo desse um ótimo cartão de visita.

Com uma sonoridade por vezes simples e contida em excesso que perpassam pelas quatro faixas, Neon Pigs traz o peso de influências enraizadas no indie rock, especialmente vinda do músico Mac Demarco e da banda goiana Boogarins. Ouça:

Televisia

Televisia
Foto: Divulgação

O projeto do músico Felipe Silveira, intitulado Televisia, estreia na cena com o disco Solidão e Coisas que me Fazem pensar.

O primeiro trabalho do artista vem cheio de referências do synthpop dos anos 80, conectando de forma genuína os sintetizadores e beats eletrônicos nos arranjos que se acomodam em uma atmosfera agradável e intimista.

As letras retratam a suavidade e a misantropia intrínseca de Felipe, ao narrar suas experiências e sintetizar as motivações para trazer o disco ao mundo: autoexílio, rejeição e saudade. Ouça na íntegra:

 

Comentários