Jesse Hughes (Eagles Of Death Metal) se desculpa por declarações contra movimento antiarmas

O vocalista chegou a xingar estudante que lidera o movimento

Foto: Reprodução/Instagram
 

É, parece que a água bateu na bunda de Jesse Hughes.

Na última semana, o frontman do Eagles Of Death Metal usou seu Instagram para fazer algumas declarações bem pesadas sobre a marcha contra armas que aconteceu nos Estados Unidos. Agora, depois de várias críticas que vieram até de amigos do músico, Hughes resolveu se desculpar.

Por meio de um vídeo na mesma plataforma, o vocalista disse que não tinha intenção de ofender ninguém — apesar de não ter poupado esforços para xingar os estudantes em mais de quatro publicações.

Recentemente fiz alguns posts no meu Instagram que não comunicaram o que eu sinto sobre uma variedade de tópicos. O que eu quis que fosse uma declaração sobre a posse de qualquer lado político deste belo movimento feito pelos jovens da nossa nação, acabou parecendo um ataque maldoso e pessoal contra estes mesmos jovens e sua líder [Emma González]. Quero ser claro, eu nunca tive a intenção de deixar isso acontecer. Eu não estava tentando refutar a juventude americana e este belo feito que eles conseguiram. Eu peço muitas desculpas, eu não queria ofender ninguém ou causar qualquer desconforto.

O cantor ainda cita a tragédia que sofreu em Paris, quando mais de 80 fãs do Eagles Of Death Metal morreram em um ataque terrorista armado.

A verdade é que a justificativa no pedido de desculpas não vai muito de acordo com a mensagem passada por Jesse Hughes anteriormente. Na série de postagens que fez, o músico deixou clara sua aversão pelo movimento e atacou, com uma foto manipulada, a jovem Emma González, dizendo: “[esta é] a face horrível da traição… sobrevivente de nada… amadora da traição… aproveite seu momento de fama… está prestes a terminar…”

Pouco depois, Hughes deletou todas as publicações de sua página, e agora a única referência ao assunto é o próprio vídeo de desculpas, que você pode ver abaixo.

A post shared by Jesse Hughes (@fatherbadass) on

 

Comentários