Ronnie Wood em 2013
Foto via Steve Vas / Shutterstock
  

Em 2017 o guitarrista Ronnie Wood, conhecido por seu trabalho no Rolling Stones, foi diagnosticado com câncer de pulmão.

Na época a notícia que surgiu foi de que a doença poderia ser tratada com uma cirurgia e não seria necessário o tratamento com quimioterapia, algo que o próprio músico disse que não faria por conta da provável queda de cabelos.

Em entrevista para o Metro, Ronnie deu a notícia de que ele tem feito exames regularmente nos últimos três meses e que após os resultados os médicos disseram que está tudo certo e ele deveria “curtir a vida”.

Ele ainda falou sobre como teve sorte por conta do câncer estar apenas em um dos seus pulmões:

Eu não quero perder o meu cabelo. Se o seu corpo está com câncer é uma causa perdida. Por sorte, a minha doença estava contida no pulmão esquerdo e eu tive sorte de removê-lo. Não havia mais nada no resto do meu corpo então não precisei de quimioterapia.

Ronnie ainda falou que pela quantidade de cigarros que fumou em toda vida, é uma sorte que o câncer não tenha aparecido nos dois pulmões: “é de espantar como meus dois pulmões não explodiram”.

Para finalizar, Wood disse que o único vício que tem hoje em dia é “acordar de manhã”, além do hobby da pintura, e deixou um recado para pessoas que estão lidando com o câncer:

Seja forte e continue com atitude positiva. Eu estava preparado para continuar pensando positivamente até o meu último suspiro. Eu tive uma grande vida e já estava pronto para partir. Wow! Eu não sabia que teria a chance de viver tanto assim.

No dia 22 de Maio o Rolling Stones inicia uma nova turnê pela Europa com um show em Londres.