Jonathan Wilson
Foto: Divulgação
 

Jonathan Wilson é um musico e produtor americano que já deveria ter conquistado um reconhecimento muito maior por sua obra musical, já que seu trabalho de nuances neo folk, country, e psicodelia light é brilhante.

Como produtor e músico convidado ele atuou ao lado de artistas como Johnathan Rice, Chris Robinson, Bert Jansch, Father John Misty, Roy Harper e Dawes.

Sua carreira solo teve início em 2007 e de lá para cá já lançou 7 álbuns. Ótima dica para apreciar com um bom vinho e desanuviar suas cabeças, não deixe de ouvir Desert Raven!

Atualmente Jonathan vem abrindo a tour de Roger Waters, só para constar.

 

Spiders

Spiders é um quinteto de Gothenburg, Suécia, formado em 2010, e o som resgata sonoridades clássicas dos anos 70 com tudo ficando ainda melhor por conta da bela Ann-Sofie Hoyles na linha de frente do grupo, escolha mais do que acertada para complementar o rock de pegada vintage e forte executado pela banda.

A discografia da Spiders já conta com dois discos: Flash Point (2012) e Shake Electric (2014), recentemente assinaram distribuição pela gravadora Universal e já lançaram alguns singles.

The BellRays

Apesar de não serem uma banda especificamente nova, afinal os americanos da The Bellrays já possuem uma carreira iniciada em 1990, não é muito comum encontrar grandes citações ao trabalho feito por eles, o que é inacreditável.

O grupo liderado por Lisa Kekaula, uma das mais potentes vozes do rock surgido nos últimos tempos, é arrasador em sua mistura de soul, funk de peso, garage rock e punk.

Provavelmente um dos fatores que expliquem esse lado mais reservado e menos mainstream da banda seja a escolha que optaram pelo formato independente, tanto que já pertenceram ao cast de selos fonográficos mais radicais como a Alternative Tentacles,  Poptones, Cheap Lullaby, Vicious Circle e Anodyne.

A discografia conta com 9 álbuns, eles não lançam nada desde 2015, mas seguem excursionando onde quer que os recebam.

Um dos lemas de divulgação deles é a seguinte afirmação: “Você é quem nos dirá como somos e depois diga a seus amigos se gostou ou não.”

E você, gostou ou não?

Se gostou, passe adiante.

 

Nino Lee Rocker é um colecionador compulsivo, pesquisador do novo cenário rock mundial e obscuridades afins. É conhecido como Garimpeiro das Galáxias por seus programas em rádios,  sites, blogs  e meios alternativos onde publica suas descobertas, um acervo que já caminha a quase 10 mil achados pouco ou nada conhecidos do publico em geral.

 
Compartilhar