El Efecto passeia do samba ao metal em novo disco
Foto: Iuri Gouvêa / Divulgação
 

Inspirado na trilogia de nome semelhante de Eduardo Galeano, que fala sobre a trajetória da América Latina, o El Efecto lança o disco Memórias do Fogo.

A banda usa a metáfora do fogo para falar sobre transformação. O disco é uma coletânea de ritmos, indo do samba ao metal e trazendo a força cultural da música brasileira.

Os cariocas explicam que o registro evoca a importância de cultivarmos a chama interior e, com ela, provocar mudanças. “Percebemos que as músicas tinham em comum a referência ao elemento do fogo. E juntas, compunham um painel poético de situações, personagens e alegorias que evocam lutas coletivas contra diferentes formas de opressão, espalhadas em cenários, épocas e realidades distintas”, disseram.

O trabalho conta participações de Aline Gonçalves, Gabriel Ventura, Ingra da Rosa, Helen Nzinga, Nina Rosa, Thiago Kobe, Daíra, Uirá Bueno, Bernardo Aguiar, entre outros.

Todo processo de gravação de Memórias do Fogo foi registrado e, a partir disso, os materiais foram entregues a sete parceiros diferentes. Sendo assim, cada canção terá um vídeo com um olhar e uma montagem particular que serão divulgados semanalmente no canal de YouTube do grupo.