Julian Casablancas acha que Jimi Hendrix não teve sucesso em vida

Músico também fala sobre como The Strokes serve para "pagar as contas"

Julian Casablancas em clipe do The Voidz
 

Julian Casablancas está se preparando para lançar um novo disco com o Voidz.

Virtue sairá em 30 de Março e para divulgar o trabalho o músico deu uma entrevista para a Vulture onde falou sobre os mais diversos assuntos.

Um deles foi sobre o estado da música atual e como ele luta diariamente para construir “um mundo onde The Velvet Underground é mais popular que Rolling Stones e Ariel Pink seria tão popular quanto Ed Sheeran.”

Ao falar a respeito de “sistemas” que ditam o que as pessoas consomem, dando a entender que Ed Sheeran seria popular por causa disso, ele também diz que Jimi Hendrix deveria ter alcançado sucesso em vida, já que foram necessários “300 anos” para que ele tivesse o reconhecimento de hoje em dia.

O repórter diz então que o guitarrista teve sucesso durante sua vida, e Julian responde afirmando que “não, você está olhando através do retrovisor.”

O entrevistador rebate afirmando que o disco Electric Ladyland chegou ao topo das paradas, e o vocalista do The Strokes diz: “eu não sei. De tudo que vi eu achava que ele não tinha alcançado sucesso.”

O jornalista finaliza então dizendo que ele encerrou o festival de Woodstock, e Julian responde com “okay”.

The Strokes

Ao falar sobre a banda que lhe rendeu toda fama, Julian Casablancas dá a entender que o Strokes serve “para pagar as contas”, enquanto o Voidz é o que realmente lhe dá prazer:

Para ser sincero, essa questão me lembrou – eu acabei de ver Aniquilação, e eu estava conversando com alguém sobre como Natalie Portman também esteve nos filmes de Thor, e eu pensei que isso era interessante. Ela foi incrível em Aniquilação, e eu pensei que ela provavelmente faz algumas coisas por paixão e outras coisas para pagar as contas. Eu acho que atores fazem isso e não significa que eles não gostam do que estão trabalhando. É um tipo diferente de energia. Essa situação pode ser similar para mim e as bandas em que eu toco.

Você pode ler a entrevista por aqui.

LEIA TAMBÉM: Sobre Julian Casablancas, suas músicas terríveis e a fama do The Strokes

 

Comentários