Stranger Things
 

As denúncias de abuso e assédio em Hollywood não param e agora chegaram até Stranger Things, atração da Netflix.

Recentemente uma integrante da equipe de filmagens, Peyton Brown, fez uma publicação na sua conta do Instagram dizendo que não voltaria para a nova temporada da série porque lá testemunhou “homens em posição de poder abusando verbalmente de mulheres no set.”

Após a sua publicação, os irmãos Matt e Ross Duffer, conhecidos como The Duffer Brothers, se manifestaram com uma declaração onde pediram desculpas por quaisquer incidentes que possam ter acontecido durante as filmagens:

Estamos profundamente chateados ao saber que alguém se sentiu desconfortável em nosso set. Devido à natureza de alto stress da produção, os temperamentos ocasionalmente ficam desgastados e, por isso, pedimos desculpas.

Entretanto, nós entendemos que é importante não descaracterizar o nosso set, onde acreditamos fortemente no tratamento de todo mundo de forma justa independente de gênero, orientação, raça, religião ou qualquer outra coisa.

Continuamos completamente comprometidos com o objetivo de oferecer um ambiente de trabalho colaborativo e seguro para todos em nossas produções.

De acordo com a TMZ, a Netflix já teria investigado as reclamações e não encontrou nada de errado no comportamento dos irmãos criadores, roteiristas e diretores de Stranger Things.

I guess there’s no better day than #nationalwomensday to say #timesup and announce that I will not be a part of the filming of Season 3 of Stranger Things. Why, you ask? Because I stand with my sisters. I personally witnessed two men in high positions of power on that set seek out and verbally abuse multiple women. I promised myself that if I were ever in a situation to say something that I would. I have 11.5 thousand followers who can hear me say this, TIME IS UP. Women in the film industry are POWERFUL. We will rise and we will scream from mountain tops in support of each other and I will not contribute my time, efforts, and talent to such abusive people. There is too much going on in this world to be regressive. There are too many amazing and highly respected men in respective positions of power that I have had the utmost pleasure of working beside. Those are the people I want to surround myself with. Those are the projects I want to be a part of. This industry is no longer led by a “few good men,” but instead by an OCEAN of ASTOUNDING WOMEN. Enough is enough. For my sisters- Time is up. #timesup #theabusestopsnow #ontobiggerandbetter #standupforwhatsright #womenempowerment #ladygrip #sisterhood #iatsesisters #wewillbeheard #thispicsaysitall

A post shared by P (@peytonnbrown) on

     
 
Compartilhar