Frances Bean Cobain abre o jogo sobre vício em drogas e cita Kurt Cobain

Comemorando o segundo ano de sua sobriedade, a artista plástica fez uma declaração emocionada em seu Instagram

Frances Bean Cobain em 2016
Foto via Shutterstock
 

Não é segredo para ninguém que as drogas sempre assombraram a família Cobain, incluindo Frances Bean.

Agora, em um post no seu Instagram, a filha de Kurt Cobain e Courtney Love decidiu abrir seu coração sobre o vício e revelar uma ótima notícia: ela esta sóbria há dois anos. Ilustrando seu texto, a artista plástica usou um boomerang seu sorrindo na natureza, dizendo que a imagem é a representação de quem ela é atualmente.

Ainda na declaração, Frances Bean usa a famosa frase com a qual seu pai terminou o bilhete de despedida ao se suicidar em Abril de 1994. Só que desta vez com um significado bem mais feliz.

Leia trechos:

[…] É uma decisão interessante e caleidoscópica essa de compartilhar meus sentimentos sobre algo tão íntimo em público. O fato de eu estar sóbria não é de conhecimento de todos, decididamente e deliberadamente. Mas eu acho que é mais importante colocar de lado o meu medo de ser julgada, mal-entendida ou estereotipada de uma forma específica. […] É uma batalha diária passar por todas as coisas dolorosas, sensacionalistas, desconfortáveis, trágicas e fodidas que já aconteceram ou que ainda vão acontecer. Autodestruição, consumo tóxico e fuga da dor é algo muito mais fácil de se aderir. Inegavelmente, para mim e para aqueles à minha volta, me tornar presente é a melhor decisão que já tomei. Como tratamos nosso corpo correlaciona diretamente com como tratamos nossa alma. Está tudo interconectado. E tem que ser assim. Então vou tirar o dia de hoje para celebrar minha saúde vibrante e a abundância de felicidade, gratidão, consciência, compaixão, empatia, dor, medo, perda, sabedoria, paz e a miríade de outras emoções bagunçadas que eu sinto constantemente. […] Por mais brega que pareça, a vida melhora, se você quiser. […] Paz, amor, empatia. (Vou me apropriar desta frase como algo que é meu, cheia de esperança e bondade e saúde, porque é isso que eu quero.)

É aparente a mudança não só de Frances Bean, como também de sua mãe, Courtney Love. A frontwoman do Hole afirma estar sóbria há alguns anos, e prova disso é a proximidade que ela e Frances tem tido nos últimos tempos. Diferente da adolescência da moça, agora mãe e filha aparecem sempre juntas e vivem interagindo em suas redes sociais.

O período de sobriedade da artista corresponde, coincidentemente ou não, com a época em que se separou de seu ex-marido, Isaiah Silva. Os dois travaram uma batalha na justiça por conta de um violão de Kurt em posse de Isaiah — que não queria devolvê-lo. Até então, uma decisão sobre o caso ainda não foi tomada.

I thought I would start this post by using a pure moment in Oahu amongst nature, with my love. This moment is a representation of who I am on February 13th, 2018. It feels significant here, now because it’s my 2nd sober birthday. It’s an interesting and kaleidoscopic decision to share my feelings about something so intimate in a public forum . The fact that I’m sober isn’t really public knowledge, decidedly and deliberately. But I think it’s more important to put aside my fear about being judged or misunderstood or typecast as one specific thing. I want to have the capacity to recognize & observe that my journey might be informative, even helpful to other people who are going through something similar or different. It is an everyday battle to be in attendance for all the painful, bazaar, uncomfortable, tragic, fucked up things that have ever happened or will ever happen. Self destruction and toxic consumption and deliverance from pain is a lot easier to adhere to. Undeniably, for myself and those around me becoming present is the best decision I have ever made. How we treat our bodies directly correlates to how we treat our souls. It’s all interconnected. It has to be. So I’m gonna take today to celebrate my vibrant health and the abundance of happiness, gratitude, awareness, compassion, empathy, strength, fear, loss, wisdom, peace and the myriad of other messy emotions I feel constantly. They inform who I am, what my intentions are, who i want to be and they force me to acknowledge my boundaries/limitations. I claim my mistakes as my own because I believe them to contribute to the dialogue of my higher education in life. I am constantly evolving. The moment I stop my evolution is the moment I disservice myself and ultimately those I love. As cheesy and cornball as it sounds life does get better, if you want it to. I’ll never claim I know something other people don’t. I only know what works for me and seeking to escape my life no longer works for me. Peace, love, empathy (I’m going to reclaim this phrase and define it as something that’s mine, filled with hope and goodness and health, because I want to ) Frances Bean Cobain

A post shared by Frances Bean Cobain (@space_witch666) on

LEIA TAMBÉM: Tá liberado se emocionar com a Frances Bean Cobain e esse vídeo de “Hallelujah”

Comentários