Mel Gibson
Foto via Shutterstock
 

Em 2004 o ator Mel Gibson se sentou na cadeira de diretor para lançar um filme chamado A Paixão de Cristo, que como você bem deve imaginar, fala sobre as últimas horas de vida de Jesus Cristo.

O longa foi um sucesso imenso, custou 30 milhões de dólares e rendeu mais de 600, e há muito se fala sobre como os estúdios responsáveis pelo filme e o próprio ator poderiam aproveitar essa fama para trabalhar novamente em algo parecido.

Pois bem, o ator Jim Caviezel, que interpretou o próprio Jesus no primeiro filme, disse para o USA Today que irá fazer o papel novamente na sequência e que esse será “o maior filme da história”:

Eu não vou te contar como ele irá fazê-lo. Mas vou te falar isso: o filme que ele irá fazer será o maior filme da história. Será bom assim.

Caviezel ainda disse que “há coisas que ele não poderia dizer” pois iriam chocar o público, e só pediu para que todos ficassem ligados nas próximas novidades.

Os números provam que A Paixão de Cristo foi um sucesso, mas sempre que alguém começa sua divulgação falando sobre ser “o maior” de alguma coisa, parece que as coisas não andam como o planejado. Ficaremos ligados.

LEIA TAMBÉM: o dia em que o Faustão deu o maior spoiler da história na TV