Eminem
 

Desde o retorno aos holofotes, o rapper Eminem não decidiu esconder pra ninguém o seu descontentamento com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

Após um freestyle bem revelador, um álbum com referências ao político e uma mensagem forte durante uma apresentação, o músico voltou a soltar o verbo em uma nova entrevista para a Billboard.

Quando questionado sobre como passou seu tempo durante a noite das eleições americanas de 2016, Eminem disse que estava em casa assistindo à televisão “com uma descrença fodida”.

“Porque só de olhar o impacto que ele tem — essas pessoas são fanáticas”, comentou. “Existe algo a ser dito sobre a pessoa que realmente sente que ele possa fazer algo para elas — e ele simplesmente enganou todo mundo”.

Um pedaço de merda seria melhor como presidente. Ele fez essas pessoas sentirem que ele iria fazer algo por elas… é tão repugnante como divisiva a maneira como ele fala, a retórica…

Mesmo sabendo que uma parte considerável de sua base de fãs pode ser composta por eleitores do político, o rapper disse que não hesitou nem um pouco de falar mal do presidente em Revival:

No final das contas, se eu perdi metade da minha base de fãs, que seja, porque eu sinto que representei o que eu acho certo e eu estou do lado certo nessa história. Eu não vejo como alguém que possa ser da classe média, se matando de trabalhar todo dia, dependendo de cada salário, pense que aquele bilionário fodido irá ajudá-lo.

Você pode ler a entrevista completa clicando aqui.

 
 
Compartilhar