Foo Fighters vence o Grammy
Foto: Reprodução / Instagram
 

Ontem à noite (28) aconteceu a cerimônia de entrega dos prêmios Grammy e se você é fã de Rock And Roll, não viu nenhum artista recebendo seus troféus.

Isso aconteceu porque, apesar de algumas tantas categorias serem direcionadas ao estilo, elas não foram transmitidas pela televisão e tiveram os seus resultados revelados em momentos anteriores à transmissão oficial que o mundo todo viu.

O mais perto do Rock que tivemos ontem à noite foi uma apresentação do U2 no meio do Rio Hudson, em Nova York, onde Bono e companhia protestaram contra Donald Trump, mas foi isso.

Oportunidades não faltaram, já que perdemos tantos artistas talentosos nos últimos anos e poderíamos facilmente ter tributos a nomes como Chester Bennington e Chris Cornell, mas as guitarras foram deixadas de lado e enterradas no Grammy 2018 junto com os seus artistas. Se a ideia passa longe de divulgar novos e bons nomes do Rock, pelo menos uma homenagem aos antigos poderia ter acontecido.

Vencedores e suas idades

Outro dado preocupante que tivemos a partir da cerimônia do Grammy ontem foi sobre como os vencedores nas categorias de Rock são, em sua maioria, artistas e bandas consolidados há algum tempo, o que assusta e prejudica a renovação do estilo para o grande público.

A Melhor Performance de Rock ficou com o já saudoso Leonard Cohen, enquanto a Melhor Canção foi “Run” do Foo Fighters e as suas longas décadas de carreira. Já o melhor disco ficou com The War On Drugs, que está na estrada desde 2005.

LEIA TAMBÉM: banda esfrega troféu na bunda e manda um “Hail Satan” ao vencer o Grammy

Sabemos que há algum tempo o Grammy comete muito mais erros do que acertos. Entregar o prêmio de Álbum do Ano a Bruno Mars e seu mediano 24k Magic ao invés de obras primas como os mais recentes títulos de Kendrick Lamar e Lorde mostrou que os caras não são lá muito alinhados com a qualidade do que é lançado no mercado da música.

Ainda assim, o Grammy continua sendo a maior premiação da indústria e o que acontece por lá reflete o que vivemos por aqui. Pior ainda, o que não acontece por lá, como a falta de aparição de nomes do rock, reflete muito bem o que não acontece por aqui.

O Rock não morreu, resiste principalmente no underground, mas no Grammy, foi escondido e enterrado sem dó nem piedade.

Veja a lista com os vencedores do Grammy 2018 clicando aqui.

Thank you @recordingacademy! #GRAMMYs #BestRockSong #Run

A post shared by Foo Fighters (@foofighters) on