Tom Morello fala sobre “hora perfeita” para reunião do Rage Against The Machine

"As músicas do Rage se encaixam incrivelmente bem atualmente"

Tom Morello com o Prophets Of Rage em 2016
Foto de Tom Morello via Shutterstock
 

O guitarrista Tom Morello voltou a falar sobre a possibilidade de uma reunião do Rage Against The Machine.

Em uma entrevista para o site alemão Gitarre Bass, o músico foi perguntado se essa não seria a “hora perfeita” para o retorno da banda. Apesar de concordar, o músico também disse que a situação “será a mesma em dez anos”:

Sim, essa seria a hora perfeita para o Rage [retornar]. Mas há dez anos não era muito diferente, e em dez anos também não será. É sempre uma hora boa para uma banda como a nossa, mas também não é uma jornada fácil. Se você quer ser um músico de sucesso, é definitivamente mais fácil escrever músicas sobre mulheres e drogas do que sobre o quão fodido o mundo é. A maior parte das pessoas se contenta mais com uma melodia legal e uma letra rasa do que com uma melodia agressiva e uma letra provocativa.

Em seguida, o músico falou sobre como o setlist do Prophets of Rage é influenciado pelas canções do RATM:

Nossos primeiros shows eram compostos exclusivamente por músicas do Rage, Public Enemy e Cypress Hill. Mas eu preciso dizer: as músicas do Rage se encaixam incrivelmente bem atualmente. É por isso que é importante e certo trazê-las. Mas nós também tentamos escrever nossas próprias canções para explorar nossa sinergia como banda e não só como um ‘grupo nostálgico’. Nós não paramos nos anos 90, mas vivemos e trabalhos no aqui e agora.

Uma reunião do Rage Against The Machine vem sendo pedida por fãs há muito tempo.

Mas enquanto Zack de la Rocha não se interessa muito em voltar à ativa, Tom Morello e o resto dos membros continuam com o Prophets of Rage, projeto criado com músicos do Cypress Hill e Public Enemy.

Após meses em turnê, o grupo finalmente lançou seu primeiro álbum de estúdio ano passado.

Comentários