Metallica: Lars Ulrich conta a origem do nome da banda

Só para adiantar: não foi uma ideia tão original assim

Lars Ulrich, do Metallica
Foto: Reprodução / YouTube
 

Dez álbuns lançados. Nove Grammys. Mais de 30 anos de carreira. O Metallica é, sim, uma das bandas mais famosas e relevantes da história do rock. E a força do nome do grupo é indício de uma boa escolha. Mas já parou para se perguntar de onde surgiu “Metallica”?

Em entrevista à NPR, o baterista Lars Ulrich explicou como tudo se deu. Aconteceu na primavera (outono no nosso hemisfério) de 1981, quando Ulrich foi para São Francisco, onde conheceu umas pessoas locais.

Uma dessas pessoas, Ron Quintana, é importante para a história. Ele comentou com Ulrich sobre o interesse que tinha em criar sua própria fanzine (uma espécie de revista não oficial produzida por fãs que objetivam apenas compartilhar seus gostos e interesses). Lars explicou que ele tinha uma dúvida:

Ele me perguntou se deveria chamar a publicação de ‘Metallica’ ou de ‘Metal Mania’. Então eu sugeri que chamasse de ‘Metal Mania’.

Mas e Ron?

Ok, dito isso, entende-se que Lars “roubou” o nome para sua banda. Baseado nisso, a Metal Core Fanzine questionou Ron, que também trabalha como DJ, sobre o que achava da situação toda. Será ele guarda rancor do baterista pelo o que aconteceu há 30 anos?

Ele respondeu:

Fiquei feliz por dar o nome para ele. Eu era maníaco por metal, e por isso mantive o nome ‘Metal Mania’. Inclusive, eu nomeei a fanzine antes mesmo de ele ter usado o nome ‘Metallica’. Isso justamente pelo fato de que não queria usar aquele nome.

Comentários