Foto: Wikimedia Commons
 

Todos já estão cansados de saber que Noel Gallagher coleciona uma lista de desafetos e que não mede o uso de suas palavras quando fala publicamente sobre outras pessoas, seja para elogiar ou criticar. Recentemente, o alvo da vez foi o técnico do Manchester United, José Mourinho.

O ex-guitarrista e vocalista do Oasis é um fã roxo (ou deveria dizer “azul”?) do outro clube de sua cidade natal e rival do United, o Manchester City, e estava participando da transmissão do último derby local pela emissora inglesa Sky Sports. A partida, que terminou com uma vitória do City por 2×1, também ficou marcada pelos comentários do músico em relação à performance do técnico Mourinho:

É hora da vingança… respeito aos torcedores do United que aplaudiram Pep Guardiola [técnico atual do Manchester City] – eles sabem que presenciaram algo muito especial hoje.

Mourinho ainda fez comentários após a partida criticando os motivos pelos quais o City havia vencido, o que rendeu mais críticas da parte de Noel: “a hipocrisia do homem [Mourinho] é impressionante.”

Agora, após vitória do Manchester United sobre o Everton (2×0) no primeiro dia de 2018, Mourinho parece ter dado uma resposta indireta para Noel na coletiva de imprensa pós-partida:

A performance do time foi muito boa, então talvez eu tenha sorte dessa vez e os reis do rock and roll que disseram que meu desempenho não foi bom da última vez concordem que dessa vez eu entreguei bons resultados.

Aparentemente, após ter feito as pazes com o irmão e ter detonado o Guns N’ Roses, uma das resoluções de Noel para 2018 talvez seja a busca por um novo desafeto fixo.