Foo Fighters
Foto: Divulgação
 

Quando o Foo Fighters lançou seu último disco de estúdio, Concrete And Gold, ele foi divulgado ao mundo com “Run”, primeiro single que ganhou clipe oficial.

A música apresenta alguns momentos mais pesados e uma batida que nos lembrou bastante ritmos brasileiros, e agora em matéria da Billboard, alguns dos envolvidos no álbum falaram a seu respeito.

Dennis Blair, vice-presidente de promoção na RCA, gravadora da banda, disse:

Dave estava sentado no meu escritório explicando o disco como um encontro de Sgt. Pepper’s e Slayer. Tipo, como assim? Eu não conseguia imaginar. Quando você ouve, você entende, mas foi um desafio para as rádios. Há muito tempo ninguém ouvia tanta agressividade em uma canção do Foo Fighters.

Já o líder do grupo falou sobre como se sentiu a respeito da canção:

Eu ainda nem conseguia andar quando escrevi ‘Run’ [Dave havia quebrado a perna]. Há uma catarse ali, eu consigo gritar bastante. Sou um grande fã de thrash metal old-school, então fiquei muito empolgado, depois de 22 anos com o Foo Fighters, por ter uma música que é provavelmente a coisa mais pesada que já escrevemos.

Nate Mendel, baixista da banda, também opinou:

Eu sabia que era assim que um ano e meio de shows iriam começar – com esse riff. O engraçado de ‘Run’ é que ela tem uma batida reggaeton e a gente nem percebeu.

Dave, então, complementou:

Eu disse, ‘Que diabos é uma batida reggaeton?’, aí Greg [Kurstin, produtor] tocou seis músicas que estão nas rádios agora, incluindo Justin Bieber [com ‘Despacito’] e todo o resto.

E aí, concorda que “Run” é a coisa mais pesada que o Foo Fighters já gravou? E que tal “White Limo”?