Serj Tankian em protesto sobre genoício na Armênia
Foto via Shutterstock
 

Há algum tempo muito tem se falado sobre por que um novo disco do System Of A Down não vem ao mundo.

Integrantes da banda já disseram que tudo está bem entre eles e que, inclusive, sessões de estúdio aconteceram, com o baterista John Dolmayan falando que “não entende” o motivo do álbum não sair.

Há boatos de que o vocalista do SOAD, Serj Tankian, estaria “segurando” o grupo por conta dos seus projetos solo, e recentemente ele inclusive deu uma declaração que tirou a esperança dos fãs quando afirmou que “está cansado de compor letras de músicas”.

Pois bem, em uma nova entrevista para a Rolling Stone, Serj falou a respeito de muita coisa que tem feito ultimamente, inclusive uma participação especial em um projeto solo de John onde a banda brasileira Ego Kill Talent também marcou presença.

Ao ser questionado sobre um novo disco do System Of A Down, ele falou:

Nós discutimos isso e mostramos músicas novas uns para os outros, mas ainda não olhamos nos olhos uns dos outros para decidir como as coisas deveriam ser feitas para que a gente seguisse em frente com isso. E é aí que está.

Ele ainda comentou o fato de que a banda excursiona pelo mundo para shows esporádicos mas não entra em estúdio para gravar um disco:

Isso é engraçado. Quando as pessoas não veem um álbum saindo, assumem o pior possível sobre as relações internas da banda. Mas a verdade é que somos amigos melhores – pelo menos eu tenho amizades melhores com todo mundo na banda. John é meu cunhado; ele está na minha família. Nos divertimos muito excursionando.

Mas às vezes fazer um álbum é diferente nas cabeças de quatro pessoas e nem sempre tudo se encaixa. Feliz ou infelizmente, como você preferir, essa é a verdade. Mas excursionar é fácil, porque você já fez aquelas músicas todas. Você se diverte, viaja, excursiona, e era isso.

Você pode ler a entrevista completa de Serj, em Inglês, por aqui.

Os dois últimos discos do System Of A Down são Hypnotize e Mezmerize, lançados de forma complementar em 2005.

   
 
Compartilhar