Recordar é viver: veja o The Who tocando “My Generation” no Woodstock

Confira trecho de apresentação histórica da edição original do Woodstock, em 1969

The Who no Woodstock
Foto: Reprodução / Youtube
 

O Woodstock foi definitivamente um marco da música contemporânea e também da cultura hippie no final dos anos 60. De tão simbólico, o lugar que sediou o evento virou patrimônio histórico. Com a proposta de “3 Dias de Paz e de Música”, o festival contou com grupos como Sly and the Family Stone, Creedence Clearwater Revival e Grateful Dead, além de impulsionar a carreira de músicos como Jimi Hendrix, Janis Joplin Santana.

Uma das apresentações mais marcantes foi a dos britânicos do The Who. A banda, que recentemente fez uma bela apresentação no último Rock in Rio, foi a penúltima a se apresentar no segundo dia do Woodstock, apenas com o grupo Jefferson Airplane à frente no line-up em um show que foi das 5 às 6 da manhã.

 

Polêmica

O show gerou repercussão também por conta de um incidente. Após tocar “Pinball Wizard”, décima canção da apresentação, o concerto foi interrompido por Abbie Hoffman, um ativista político.

Na ocasião, Hoffman invadiu o palco para discursar sobre a recente prisão de John Sinclair, um dos fundadores do White Panther Party. O guitarrista Pete Townshend, que no momento estava mexendo em seu amplificador, ficou irritado e o expulsou do palco. Gritou “Saia do meu palco!” e ainda teria batido no ativista com sua guitarra, apesar do músico negar essa informação.

 

O ano era 1969

No mesmo ano, a banda havia lançado seu quarto álbum de estúdio, a ópera rock Tommy. Enquanto a banda se apresentaria no festival em Agosto, o álbum tinha sido lançado oficialmente no final de Maio.

Parte do setlist do show foi dedicado à divulgação do novo trabalho. Mescladas aos clássicos hits da banda, havia as então novas “Chirstmas”, “Pinball Wizard” e “Go To The Mirror!”.

Confira abaixo a parte final da apresentação em que, após o bis, o grupo retornou ao palco para tocar o sucesso “My Generation”. O show foi encerrado com uma versão instrumental da música “Naked Eye”, acompanhada de um incrível solo de guitarra executado por Townshend. Ao final de tudo, ele bate sua guitarra no chão várias vezes e termina jogando o instrumento no público.

Confira o “grand finale” da apresentação no vídeo abaixo.

  1. Heaven and Hell
  2. I Can’t Explain
  3. It’s a Boy
  4. 1921
  5. Amazing Journey
  6. Sparks
  7. Eyesight to the Blind (Sonny Boy Williamson cover)
  8. Christmas
  9. The Acid Queen
  10. Pinball Wizard
  11. Do You Think It’s Alright?
  12. Fiddle About
  13. There’s a Doctor
  14. Go to the Mirror!
  15. Smash the Mirror
  16. I’m Free
  17. Tommy’s Holiday Camp
  18. We’re Not Gonna Take It
  19. Summertime Blues (Eddie Cochran cover)
  20. Shakin’ All Over (Johnny Kidd and The Pirates cover)
    Bis:
  21. My Generation
  22. Naked Eye (Instrumental)

Comentários