“Coração pesado:” Faith No More reage à morte do seu primeiro vocalista

Banda ressalta importância do músico para criação de estilo próprio e único

Chuck Mosley, primeiro vocalista do Faith No More
Foto via Wikimedia Commons
 

Ontem nós reportamos por aqui que Chuck Mosley, primeiro vocalista do Faith No More, morreu aos 57 anos de idade.

O músico gravou os dois primeiros discos de estúdio da banda antes de ser substituído por Mike Patton, e agora a banda publicou uma declaração falando a respeito de sua perda:

É com o coração muito pesado que nós recebemos a notícia da morte do nosso amigo e colega de banda Chuck Mosley. Ele foi uma força ousada e barulhenta que se entregava com convicção e ajudou a nos colocar em um caminho de originalidade que não teria sido desenvolvido da maneira que foi se não fosse por ele.

Como somos sortudos pela oportunidade que tivemos de tocar com ele no ano passado em uma reunião quando relançamos nosso primeiro álbum. Seu entusiasmo, senso de humor, estilo e bravata irão fazer falta para muita gente. Éramos uma família, uma família esquisita e disfuncional, e seremos eternamente gratos pelo período que compartilhamos com Chuck.

Ontem ao comunicar a morte, a família disse que compartilhou a sua causa “para que sirva como um alerta a muita gente”.

Compartilhar

Comentários