Negro Leo fala sobre os “leks” em novo disco; ouça
Foto: Igor Marques / Divulgação
 

A temática social e cultural urbana é tema central de Action Lekking, sétimo álbum do maranhense Negro Leo.

O artista coloca em pauta fenômenos atuais como os rolezinhos, as cotas e os “leks” e faz um panorama de um novo Brasil que se desenha aos nossos olhos. O título do disco vem como uma referência à gíria carioca “lek” e ao funk viral “Passinho do Volante (Ah lelek)”.

Em nota, Negro Leo explica que o lek é produto da transferência de renda que o país viveu nos últimos anos. São pessoas que superam a barreira imposta às classes mais baixas da sociedade e, com seu carisma, resistem e ocupam espaços onde anteriormente não tinham vez.

O álbum foi gravado em menos de um final de semana no Red Bull Studio, em São Paulo. Conta com a participação de Sergio Machado (Metá Metá) na bateria e sintetizadores; Fábio Sá no baixo; Bruno Schiavo no violão (e autor da faixa “Revirá”) e o próprio Negro Leo na voz e violão.