Kevin Spacey como Frank Underwood em House Of Cards
Foto: Divulgação

Após a Netflix mandar suspender a produção de House of Cards e ser cogitado o desenvolvimento de spin-offs, tudo levava a crer que o caminho da série estava próximo do fim mesmo antes daquela que seria a última temporada.

Porém, a equipe que conta com aproximadamente 300 funcionários parece ter uma “carta na manga” para reverter essa situação: os produtores de House of Cards estão considerando a ideia de ‘matar’ Frank Underwood, personagem interpretado por Kevin Spacey, para seguir em frente e dar continuidade à trama.

A ideia da equipe de produção do seriado é mudar o foco do mesmo, passando a responsabilidade do personagem principal para a esposa de Underwood, Claire – interpretada pela atriz Robin Wright.

Após diversas acusações de assédio contra o ator, a Netflix afirmou que “não vai se envolver com qualquer tipo de conteúdo que envolva Kevin Spacey” e garantiu que irá “continuar trabalhando com a MRC [estúdio que produz House of Cards] para resolver questões sobre a série”.

Oficialmente sem vínculo com a empresa de streaming, Kevin Spacey foi acusado de assediar o ator Anthony Rapp, em 1986, quando o mesmo tinha apenas 14 anos.