Nick Cave no Primavera Sound 2013
Foto de Nick Cave via Shutterstock

Recentemente o músico Nick Cave embarcou em uma turnê europeia que deverá terminar nos dias 19 e 20 de Novembro com dois shows em Tel Aviv, Israel.

No entanto, essas apresentações acabaram sendo o alvo de críticas de músicos como Roger Waters e Thurston Moore, que são a favor do boicote cultural contra o país por conta de seus problemas com a Palestina.

Em uma carta aberta, assinada por Waters, Moore, Tunde Adebimpe (TV On The Radio), além dos diretores Ken Loach e Mike Leigh, é pedido para que o músico “reconsidere” a decisão de tocar no país e se junte ao boicote.

A declaração reforça a ideia de que o conflito é uma espécie de apartheid. “Não vá — não enquanto o apartheid continua. Continue oferecendo seu apoio para as pessoas que se opuseram aos ataques de Israel em Gaza. Ofereça seu suporte à liberdade”, disseram os artistas.

Você pode ler a carta na íntegra clicando aqui.

Vale lembrar que, recentemente, o Radiohead foi o alvo de críticas similares. No entanto, a banda se defendeu dizendo que “tocar em um país não é o mesmo que apoiar seu governo”, realçando que “não apoiamos Netanyahu da mesma forma que não apoiamos Trump, mas ainda assim tocamos nos Estados Unidos”.

A banda realizou o seu show em Tel Aviv, que acabou virando a sua apresentação mais longa em mais de 10 anos.