Carrie Fisher, de Star Wars

Carrie Fisher, atriz da aclamada série de filmes Star Wars, foi relembrada em um debate sobre um assunto intolerável: assédio sexual – tema que ganhou destaque após Harvey Weinsten, empresário do mundo do cinema, ser acusado da prática do crime por várias atrizes.

Em entrevista a uma estação de rádio do estado do Arizona, Heather Ross, roteirista e amiga pessoal de Fisher, relembrou um caso em que foi vítima e ganhou uma “forcinha” de Carrie para se vingar do autor da prática.

Ross contou que durante um jantar com um produtor de Hollywood, foi colocada à força dentro do carro do executivo.

LEIA TAMBÉM: America Ferrera e Reese Witherspoon dizem que sofreram abuso aos 9 e aos 16 anos

Duas semanas após ter contado o acontecido para Carrie, Heather afirmou ter recebido uma mensagem sobre o que a atriz fez em resposta ao ato:

Aproximadamente duas semanas depois, ela me mandou uma mensagem que dizia: ‘Eu o vi na Sony Studios. Eu sabia que provavelmente ele estaria por ali, então fui pessoalmente ao escritório dele e o entreguei uma caixa com embalagem da Tiffany [marca de roupa].’

A roteirista, então, perguntou sobre qual era o conteúdo da caixa:

Eu perguntei para ela o que tinha dentro da caixa, e ela me respondeu: ‘Tinha uma língua de vaca do Jerry’s Famous Deli [restaurante de Los Angeles] com um recado que dizia, ‘Se você tocar na querida Heather ou em outra mulher de novo, a próxima entrega vai ser de alguma coisa sua numa caixa bem menor.’

Confira o áudio da entrevista abaixo.

 
Compartilhar