Buckethead revela grave doença que o impede até de caminhar

"Eu posso morrer amanhã"

Buckethead
Foto: Wikimedia Commons
 

Buckethead é um dos guitarristas mais prolíficos da história da música.

Além de seu trabalho no Guns N’ Roses por mais de quatro anos, o músico já chegou a lançar 300 (!) álbuns de estúdio ao longo de 25 anos de carreira.

Agora, o músico acaba de dar uma entrevista bem pessoal onde revelou possuir uma condição crônica no seu coração que o impede de fazer até mesmo atividades extremamente mundanas, como andar por um cômodo de sua casa.

Ao participar do podcast Coming Alive, o músico entrou em detalhes sobre a doença.

Bom, bem recentemente surgiu um problema no meu coração onde ele começa a bater fora do ritmo. Isso já acontecia por um bom tempo, mas recentemente piorou e começou a ficar muito intenso. Eu realmente não sabia o que estava acontecendo, então eu só tentava lidar com isso deixando acontecer e eventualmente parava, mas começou a ficar bem intenso. Então eu fui a um médico, e ele disse ‘Você está prestes a ter um AVC’, e eu fiquei tipo ‘Wow’, porque eu estava me sentindo bem antes disso e tudo parecia bem.

Eles sugeriram que eu fizesse um procedimento chamado ablação cardíaca, onde eles congelam o seu coração. Era para fazer algo com os nervos, porque eles disseram que meu coração estava bem, mas poderia ser algo genético, eles não sabiam bem. Então eu fiz esse procedimento, e não resolveu o problema — então eu ainda estou lidando com isso. Eu tomo remédios, o que é ruim porque eu nunca precisei tomar nada na minha vida, embora se eu fosse comer ou beber algo poderia ser pior de qualquer jeito [risos]. Então tá sendo bem difícil, por que é algo assustador quando acontece. Até mesmo caminhar por um cômodo é difícil, mas pelo menos a medicação está funcionando e impedindo que isso piore, mas ainda é intenso.

É como se agora eu tivesse essa coisa vivendo dentro de mim da qual eu não consigo escapar. Eu sempre estou ciente da intensidade da batida do meu coração, é algo que eu nunca havia vivenciado, então isso definitivamente me assusta. Mas eu também vejo que isso também é algo bom, porque eu preciso fazer todas as coisas que eu [sempre] sonhei em fazer.

Por fim, como já era de se esperar, Buckethead afirmou que gravou um álbum no dia após a sua cirurgia.

Eu posso morrer amanhã, qualquer pessoa pode morrer, mas é uma experiência pesada. Eu quero tocar agora mesmo, e eu quero tocar [sobre] essa experiência.

Você pode ouvir o podcast logo abaixo.

Compartilhar

Comentários