Baixista do Rage Against The Machine explica como a banda “roubou” seu nome de um álbum

"É o melhor nome de banda de todos os tempos"

Rage Against the Machine
 

Tim Commerford, o baixista do Rage Against the Machine, recentemente deu uma entrevista onde comentou um pouco mais sobre as origens do grupo.

Ao conversar com Matt Pinfield, Tim entrou em detalhes sobre a escolha do nome da banda — revelando que, na verdade, ele foi “roubado” de um outro grupo do qual fazia parte.

Sobre o início da banda, o baixista começou:

Zack [de la Rocha] e eu tocávamos com outro baterista. O Zack tocava guitarra, eu tocava baixo, e nós escrevíamos músicas. Então, um amigo meu era um baterista para a banda do Tom Morello, Lockup — era um outro cara de Irvine, uma das únicas crianças negras que viviam em Irvine, um baterista incrível e um fanático pelo Rush. Um dia ele me disse, ‘Você e o Zack deveriam se encontrar com o Tom Morello’, e então nós fizemos isso. E o Tom já havia conhecido o Brad Wilk, então eu e o Zack fomos pra lá e começamos a escrever músicas na mesma hora. Tom tinha esse pequeno gravador de fitas K7 com um monte de ideias diferentes nele — o que facilitou todo o processo.

Em seguida, o músico começou a falar sobre o nome da banda:

O nome Rage Against The Machine… Zack tinha uma banda chamada Inside Out, e eles iriam chamar o disco deles de ‘Rage Against The Machine’. Era uma banda incrível. Nós decidimos dar o nome de Rage Against The Machine pra banda. E teve um momento onde eu era o único que gostava daquele nome. Esse era o nome mais maneiro da história de nomes de banda, e nós precisávamos dar esse nome para a nossa.
Todo mundo estava meio na dúvida, mas eu mantive minha opinião e acabou dando certo. Uma coisa engraçada é quando entramos em turnê em 1991 e fizemos alguns shows com o Public Enemy. Eles e o Cypress Hill eram a maior influência para o Zack. Nós estávamos tocando em San Luis, na Califórnia, e estávamos na dúvida com o nome da banda. Nós estávamos abrindo para o Public Enemy, então nós estávamos muito animados — e muito intimidados pela vibe deles.

Daí estávamos prestes a entrar no palco, prestes a tocar, e era um de nossos primeiros shows. E um dos caras do Public Enemy sobe no palco para nos apresentar, e ele diz ‘Eles são uma ótima banda, vocês vão curtir! Eles chamam Rage & The Machine!’ E eu fiquei puto! Eu corri pro palco, peguei o microfone da mão dele, deixei minha insegurança de lado e só falei, ‘Rage Against The Machine!’. Falei o mais alto que podia. E aí nós tocamos. E esse foi nosso nome desde então. Até hoje, eu acredito que esse é o melhor nome de banda de todos os tempos.

O Prophets of Rage — banda com membros do RATM, Cypress Hill e Public Enemy — acaba de lançar seu primeiro álbum de estúdio. Confira aqui.

Compartilhar

Comentários