Dave Grohl chora ao falar sobre Chris Cornell: “eu ainda não entendo”

Frontman do Foo Fighters revelou que o Soundgarden tocaria em seu festival

Foto: Reprodução/YouTube
 

Amigo de longa data de Chris Cornell, Dave Grohl foi às lágrimas ao falar sobre o saudoso músico em entrevista para a Rolling Stone.

Em uma conversa sobre o novo festival do Foo Fighters, Cal Jam 17, o frontman foi questionado sobre bandas convidadas que acabaram não fazendo parte do line-up final. Já emocionado, Dave revelou que o Soundgarden havia concordado em tocar pouco antes da morte de Cornell.

Grohl chorou ao relembrar o amigo:

Eu o amava. Ele era um cara muito doce. Cheio de vida. E ele tinha muito a oferecer. [A morte dele] doeu. […] Senti muito por sua família. E senti também por sua banda, sabe? Porque essa foi uma longa estrada, cara.

Para Dave, o sentimento é familiar. O vocalista também perdeu o amigo e colega de Nirvana, Kurt Cobain, para o suicídio há 23 anos. Ele comentou:

Toda vez que acontece, o mesmo sentimento aparece. É chocante, confuso e eu ainda não entendo. Você entra nisso pelo amor à música e o compartilha com as pessoas, e você espera que todos se sintam da mesma forma. Eu sei que é mais complicado do que isso… mas, porra. É uma merda.

Na mesma entrevista, Grohl também revelou que o popstar Justin Timberlake participou do novo álbum do Foo Fighters, Concrete and Gold, que será lançado na próxima sexta-feira (15).

Comentários