Pato Fu por Dudi Polonis
Pato Fu por Dudi Polonis
 

Já faz 7 anos desde que o Pato Fu lançou o projeto Música de Brinquedo, uma brincadeira mesmo que ganhou o carinho do público e impactou o jeito de fazer música para crianças: ao invés da temática de brincadeiras, clássicos; ao invés de instrumentos de verdade fingindo sons de brinquedo, instrumentos de brinquedo fingindo sons de verdade; ao invés de adultos imitando vozes infantis, crianças mostrando que vão cantar muito quando adultas. E tudo isso está de volta, no Música de Brinquedo 2.

Dessa vez, o núcleo base Fernanda Takai, John Ulhoa e Ricardo Koctus contou com Glauco Mendes na bateria e Richard Neves nos teclados, além de uma criançada especial para participar da brincadeira. Foram praticamente os fãs novos (mesmo!), filhos de membros dos primeiros fã-clubes da banda (que legal!). Já os arranjos originalíssimos contam com a bunda de uma galinha de borracha que virou uma zabumba em “Severina Xique-Xique” de Genival Lacerda, um antigo Stylophone que fez o solo de guitarra de “I Saw You Saying” dos Raimundos, além de saxofones de plástico e pianinhos de brinquedo em outras canções.

As cantoras mirins do primeiro disco, Nina Takai e Mariana Devin só participam de “Mamãe Natureza”, de Rita Lee, deixando espaço e voz para os novos cantores e cantoras dessa leva. Outras versões presentes no trabalho são “Datemi Un Martelo”, de Rita Pavone, “Livin La Vida Loca” do Ricky Martin, “Private Idaho” do The B 52’s, “Every Breath You Take”, do The Police e a inconfundível “Não Se Vá”, de Jane e Herondy, interpretada pelos bonecos / monstrinhos Ziglo e Groco, que acompanham a banda nas turnês.

Pare agora o que você estiver fazendo e ouça. É diversão garantida para todas as idades.