Andreas Kisser no programa Eletrogordo
Foto: Reprodução / Facebook
 

Não adianta: em praticamente todas as entrevistas que Andreas Kisser participa, ele será questionado eventualmente a respeito de uma possível reunião do Sepultura com Max e Iggor Cavalera.

Ontem ele apareceu no programa de João Gordo no Canal Brasil, o Eletrogordo, e não foi diferente: o assunto veio à tona e ele o chamou de “esquisito”:

Esse assunto é muito esquisito, porque é uma coisa que precisa ser bem feita. Subir no palco só pra subir é meio patético. Eu sei que eles não gostam muito de ensaiar, de programar as coisas. Você vê que eles entram no palco e saem tocando. Eu gostaria, se fosse possível, de reunir todo mundo. Mas eles não são profissionais nesse nível, de chegar junto, olhar no olho e definir o setlist, tentar fazer uma coisa diferente.

Eu vi uns vídeos e tá feio o negócio. Eles não estão tocando mais, só o Max. Só os muito saudosistas falam que é legal pra c***. Seria avassalador uma volta original do Sepultura, se fosse bem feita.

Pelo jeito não é só do lado dos Cavalera que uma hora a reunião é cogitada e logo em seguida a outra parte é detonada.

LEIA TAMBÉM: Sepultura, Nirvana, Dead Kennedys e a turnê que nunca aconteceu

Uma lenda do metal que já tocou com Metallica e com Sandy & Junior. ?Andreas Kisser conversa com João Gordo sobre a carreira e a repercussão do disco "Machine Messiah", novo trabalho do Sepultura. À 0h, confira #Eletrogordo e assista aos episódios anteriores no #CanalBrasilPlay >https://goo.gl/Z1Z1fm

Posted by Canal Brasil on Monday, August 28, 2017

 

   
 
ViaWhiplash
FonteUOL
Compartilhar