Brian Molko em 2010
Foto de Brian Molko via Shutterstock
 

Brian Molko, o frontman do Placebo, acaba de disparar duras críticas ao Kings of Leon em uma nova entrevista para o The Music, da Austrália.

Na ocasião, o músico criticou a forma como a banda se porta no palco durante seus shows, comparando-os a “recortes de papelão colocados no palco” e dizendo que eles fazem o trabalho “de qualquer jeito”.

Algumas bandas sobem lá, fazendo tudo de qualquer jeito e pronto — você já viu a porra do Kings of Leon? Jesus, é como se você estivesse vendo recortes de papelão da banda num palco com o disco tocando no fundo.

O cantor aproveitou para comparar o modo com o qual o Placebo se apresenta:

Mas quando nós estamos lá em cima, nos importamos. E essa conexão com a plateia alimenta a nossa alma, então nós sempre estamos dando o nosso melhor nos shows.

Sem complacência — complacência é uma palavra inexistente no mundo do Placebo.

E aí, você concorda com ele?