(ilustração: Henrique Codonho com imagem de divulgação)
 
Ouça o novo single da Majur!

Um dos maiores artistas do Brasil, em um pequeno intervalo de tempo perde o pai, a mãe e a esposa. Ele se vê chegando perto dos 60 anos de idade. Sente a necessidade de deixar a banda que o consagrou. Dilemas que poderiam fazer qualquer pessoa desistir da vida. Paulo Miklos, ao contrário, decidiu responder: A Gente Mora no Agora.

O disco novo do ex-Titãs é uma declaração de amor para a vida. E também para a música brasileira. Em todas as faixas do álbum, sem exceção, Miklos conta com a parceria de algum músico, da velha ou da nova geração. Tem, por exemplo, Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Céu e Tim Bernardes (O Terno).

Essa é mais uma mostra de que a nossa música vive uma fase de união e integração como pouco se viu antes. Parcerias, temáticas parecidas, invasões de palco em festivais e, ao mesmo tempo, respeito do espaço de cada um. Nesse episódio, vamos falar sobre a noção de que, juntos, os artistas chegam mais longe.

Abaixo, o episódio no SoundCloud, que você pode ouvir online ou fazer download. Também estamos em todos os agregadores, como iTunes, Deezer e Stitcher.

Pra comentar esse tema ou fazer sugestões pro próximo, mande uma mensagem de voz que a gente te coloca no ar! Anota o WhatsApp: (11) 98947-8056. Pra receber atualizações, assine nosso feed.

Ficha técnica

Duração: 1h10’24”
Apresentação e edição: Rafael Teixeira
Debatedor: Tony Aiex
Participação de Paulo Miklos
Vinhetas: Natália André
Ilustrações: Henrique Codonho

Links

Músicos reagem a Charlottesville – TMDQA!
Resenha do Coala Festival – TMDQA!
Paulo Miklos mostrando música a Nando Reis
Faixa a faixa do disco de Miklos – Estadão
Resenha do Festival CoMA- TMDQA!

Músicas (em ordem)

“Super Bubbly”, de Jesse Spillane
“Nazi Punks Fuck Off”, do Dead Kennedys
“London London”, de Caetano Veloso
“Hoje Cedo”, de Emicida e Pitty
“Ponta de Lança”, de Rincon Sapiência
“Sonífera Ilha”, dos Titãs
“Vou Te Encontrar”, “Estou Pronto”, “Pais Elétrico” e “Deixar De Ser Alguém”, de Paulo Miklos
“Cobra”, do Far From Alaska
“Todas Elas Juntas Num Só Ser”, do Lenine
“We Were Beautiful”, do Belle and Sebastian
“The Way You Used to Do”, do Queens of the Stone Age
“The Call”, dos Backstreet Boys