Com depressão, Sinéad O’Connor faz vídeo alarmante sobre a doença

Cantora diz que está morando sozinha em pequeno hotel

Sinéad O'Connor em vídeo sobre depressão
Foto: Reprodução / YouTube
 

Sinéad O’Connor é uma cantora irlandesa de 50 anos de idade que já lançou dez discos de estúdio e explodiu no mundo inteiro logo na sua estreia com The Lion and the Cobra, de 1987.

Três anos depois veio I Do Not Want What I Haven’t Got e nele aparece a versão incrível de “Nothing Compares 2 U”, do Prince, que tornou uma espécie de marca registrada da artista.

Seu último álbum é I’m Not Bossy, I’m The Boss (2014) e já há algum tempo existem relatos de que Sinéad está passando por problemas bastante sérios relacionados à depressão.

No último dia 03 a cantora utilizou sua página no Facebook para gravar um vídeo onde disse que está morando sozinha em um pequeno hotel em New Jersey, sendo que a única pessoa com quem mantém contato é seu psiquiatra, “o homem mais doce do mundo”.

Ela ainda disse que ele a considera sua heroína, e isso “é a única coisa que a mantém viva, o que é meio patético.”

A cantora ainda diz que sofre por conta das milhões de pessoas que têm o mesmo problema que ela no mundo todo e não têm as mesmas condições, e dá declarações contundentes:

As doenças mentais são como drogas. Não se importam com quem você é. Todas as pessoas que deveriam estar te amando e cuidando de você te tratam como lixo.

Você pode assistir ao vídeo logo abaixo e, após a mensagem de Sinéad dar a entender que ela estaria com pensamentos suicidas, um texto foi publicado em sua página oficial com o seguinte conteúdo:

Olá a todos, estou postando a pedido da Sinéad para contar a todo mundo que a ama que ela está segura e não tem pensamentos suicidas. Ela está cercada de amor e recebendo os melhores cuidados. Ela pediu para que isso fosse publicado sabendo que vocês estão preocupados com ela. Eu não irei responder a quaisquer perguntas, então por favor entendam. Eu espero que isso dê conforto a todos que estavam preocupados.

No vídeo ela chega a dizer que quer muito ficar viva por conta de seus filhos, mesmo aqueles que “a estão machucando”, apesar de em outro momento falar que “está sozinha no mundo vagando há dois anos como punição por ter problemas mentais e saber que ninguém se importa comigo.”

Com tantas tragédias acontecendo a artistas relacionadas a doenças mentais recentemente, nunca é demais lembrar que a depressão é um problema sério mas pode ser tratado com o auxílio de profissionais.

Se você está passando por isso, procure um psiquiatra e procure a ajuda de seus amigos e familiares. Se está com pensamentos suicidas, entre em contato com o Centro de Valorização da Vida em seus diversos canais.

 Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA automaticamente! 
Compartilhar

Comentários