“Preparei minha despedida”: Ronnie Wood (Rolling Stones) fala sobre câncer no pulmão

"Foram três semanas de inferno"

Sally Humphreys e Ronnie Wood
Foto via Shutterstock
 

Em Setembro e Outubro próximos, o Rolling Stones irá embarcar em uma turnê pela Europa.

Antes de sair para longas viagens, os integrantes da banda passam por baterias de exames para saber se está tudo bem com a saúde de cada um, e o guitarrista Ronnie Wood falou a respeito de como isso foi determinante para que ele descobrisse uma doença grave recentemente.

Em entrevista para o Daily Mail, o lendário músico conversou sobre a descoberta de um câncer no pulmão, e disse que chegou a se preparar para “dizer adeus” após ter recebido o diagnóstico: “você nunca sabe o que irá acontecer”.

Apesar do susto, ele fez uma cirurgia para remoção de uma parte de um dos pulmões, e contou como a doença foi descoberta:

Eu passei a ter esse pensamento na minha cabeça desde que parei de fumar há um ano: ‘Como eu posso ter passado 50 anos fumando que nem um louco – sem contar todos os meus outros maus hábitos – sem que algo acontecesse dentro do meu corpo?

Então eu fui me consultar com o nosso bom e velho médico, Richard Dawood, porque a banda sempre tem que fazer check-ups antes de sair em turnê, e ele me perguntou se eu queria que ele procurasse mais fundo dessa vez, checando meu coração, pulmões e sangue. Eu disse, ‘Manda ver!’

E aí ele voltou com a notícia de que eu tinha uma supernova pulsando dentro do meu pulmão esquerdo. E para ser sincero, eu não fiquei surpreso. Eu sabia que não tinha feito um exame de Raios-X desde quando fui para uma clínica de reabilitação em 2002 no Arizona. Ele me pediu o que eu queria fazer e eu só disse, ‘tira isso de mim’.

Aí vieram três semanas de exames para saber se o câncer havia se espalhado para os meus nódulos linfáticos. Se isso tivesse acontecido, eu estaria morto.

Entáo houve essa semana onde eu não sabia o que estava acontecendo. Sally [esposa há cinco anos] foi maravilhosa. Foi só depois de termos passado por tudo que ela me disse como foram os piores sete dias de sua vida.

Eu estava preparado para o pior mas também tinha fé de que tudo daria certo. Além dos médicos nós não contamos a ninguém porque não queríamos colocar ninguém no meio do inferno pelo qual estávamos passando. Mas eu já havia decidido que se tivesse espalhado eu não faria quimioterapia. Eu não queria perder o meu cabelo. Eu tinha fé de que tudo daria certo.

Uma semana depois veio o resultado de que não havia espalhado e eu fui para a cirurgia. Antes da operação falei para o médico, ‘Que a batalha comece’.

Agora estou bem e tenho que fazer check-ups a cada três meses. O tumor foi detectado cedo. As pessoas precisam se consultar. Sério, precisam se consultar. Eu tive muita sorte e eu sempre tive um anjo da guarda forte cuidando de mim. Contando tudo que já aconteceu, eu não deveria mais estar aqui.

Ronnie Wood parou de fumar em 2016 após fazer uso de patches de nicotina, e também está sóbrio após passar por clínicas de reabilitação em oito oportunidades, além de tratamento para o alcoolismo.

 Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA automaticamente! 

Comentários