The Strokes está gravando um novo disco com o gigante Rick Rubin

Segundo pai de guitarrista, The Strokes está gravando o seu sexto álbum de estúdio com o mega produtor Rick Rubin

The Strokes
 

Albert Hammond, cantor e compositor famoso por hits dos anos 70 e também pai do guitarrista Albert Hammond Jr (The Strokes), revelou hoje (28 de Julho) que a banda de seu filho está trabalhando com o lendário Rick Rubin:

Eles estão gravando um novo álbum com um grande produtor chamado Rick Rubin. Eu converso com meu filho todos os dias e ele tem me dito que estão muito felizes. Eu tenho certeza de que este será um disco de sucesso.

Rubin é um dos produtores musicais mais visados do mundo do rock. Nova-iorquino residente na Califórnia (onde cuida de seu estúdio Shangri La, em Malibu), já trabalhou com uma incrível gama de artistas ao longo dos anos. Seu portfólio inclui Beastie Boys, Public Enemy, Red Hot Chili Peppers, Johnny Cash, Metallica, Linkin Park, Jake Bugg, Lana Del Rey, Lady Gaga, Kanye West, Mick Jagger e outros.

Hammond, que assim como Rubin é acostumado a trabalhar com inúmeros artistas, compartilhou algumas curiosidades sobre o início dos Strokes e as dificuldades que antecederam o lançamento do clássico Is This It, em 2001. “Ninguém os entendia, então eu disse ‘Aqui está o dinheiro, entrem em estúdio e gravem o álbum’”. Apesar de nunca ter recebido o dinheiro de volta, ele simplesmente se diz maravilhado em saber que os ajudou:

Eu tenho muito orgulho da banda e do meu filho. Eles são como meus filhos, porque eu estava lá desde o início. Eu costumava ir aos ensaios e eles eram muito barulhentos. Eu dizia ‘Garotos, garotos, montanhas e vales, altos e baixos’.

Para os fãs da banda, rumores sobre a gravação de um novo álbum sempre são vistos com desconfiança. Cada vez que um integrante comenta a possibilidade de uma gravação, outro surge com um álbum solo. Desde o bucólico e praiano Little Joy (do baterista e brasileiro, Fabrizio Moretti) à distorção e cacofonia extrema de Julian Casablancas + The Voidz (do vocalista), todos os membros da banda já se envolveram numa atividade paralela. Os mais recentes foram o Summer Moon, de Nikolai Fraiture (baixo), e o CRX, de Nick Valensi (guitarra). Este inclusive comentou, em Outubro do ano passado, que não queriam falar muito sobre o assunto para não criar um “hype com o qual você tem que competir”. Ele acharia mais interessante “apenas dar uma de Beyoncé no ano que vem e lançar o trabalho”.

Apesar disto, é importante lembrar que esta não foi a primeira vez que o pai de Albert Hammond Jr teve algo a dizer sobre a banda. Foi ele quem confirmou todos os boatos que pairavam sobre o mundo da música entre 2012 e 2013 de que os Strokes estavam em estúdio para gravar um novo disco. Este viria a se tornar o quinto álbum da banda, Comedown Machine, que foi lançado em menos de dois meses após tal confirmação, em Março de 2013.

Recentemente, com uma passagem que mesclou opiniões pela América do Sul no início deste ano, o último lançamento da banda foi o EP Future Present Past, em Junho de 2016. No entanto, já fazem mais de quatro anos desde Comedown Machine. Agora resta esperar que os Strokes aproveitem o timing e o momento destes últimos shows e do burburinho envolta do livro Meet Me In The Bathroom (da jornalista Lizzy Goodman) para surpreender os fãs com um novo disco.

     
 

Comentários