Os 150 melhores discos feitos por mulheres, segundo a NPR

Joni Mitchell, Amy Winehouse, Alanis, Adele e Against Me! aparecem na lista

Amy Winehouse
Ilustração via Shutterstock
 

NPR é a abreviação para National Public Radio, uma rádio dos Estados Unidos que conta com investimento público e privado, não tem fins lucrativos e é reconhecida pela qualidade de sua programação.

Recentemente o pessoal da rádio resolveu reunir 50 mulheres que trabalham por lá, além de outras estações do sistema público norte-americano, e chegou a uma lista daqueles que considera os 150 melhores discos feitos por mulheres, desde 1964 até os dias de hoje.

Na lista aparecem nomes como Alicia Keys, The Breeders, Norah Jones, Yoko Ono, Solange, Beyoncé, Sonic Youth, Amy Winehouse e mais, representando inúmeros gêneros musicais e os mais diversos períodos da história da música. Outro nome a ser destacado é o do Against Me!, que aparece na lista com Transgender Dysphoria Blues, primeiro álbum lançado pelo grupo depois que sua vocalista, guitarrista e principal compositora, Laura Jane Grace, se assumiu como mulher transgênero.

Logo abaixo você pode ver como ficou o Top 20 e a lista inteira pode ser encontrada por aqui.

20 – The Ronettes – Presenting The Fabulous Ronettes Featuring Veronica
19 – Selena – Amor Prohibido
18 – Lucinda Williams – Car Wheels On A Gravel Road
17 – Janet Jackson – Control
16 – Fleetwood Mac – Rumours
15 – Diana Ross and the Supremes – Where Did Our Love Go
14 – Whitney Houston – Whitney Houston (1985)
13 – Madonna – Like A Prayer
12 – Erykah Badu – Baduizm
11 – Dolly Parton – Coat Of Many Colors
10 – Carole King – Tapestry
09 – Amy Winehouse – Back To Black
08 – Janis Joplin – Pearl
07 – Patti Smith – Horses
06 – Beyoncé – Lemonade
05 – Missy Elliott – Supa Dupa Fly
04 – Aretha Franklin – I Never Loved a Man The Way I Love You
03 – Nina Simone – I Put a Spell On You
02 – Lauryn Hill – The Miseducation Of Lauryn Hill
01 – Joni Mitchell – Blue

 

Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA! automaticamente!

 

Comentários