Gavin Russom, do LCD Soundsystem
Foto: Gavin Russom/Divulgação
 

Em novas entrevistas para a Pitchfork e o Grindr, Gavin Russom acaba de assumir sua identidade como mulher transgênero.

Para Russom, o principal motivo de finalmente poder compartilhar a notícia é sua percepção de que as cenas do rock e punk estão muito mais receptivas da comunidade transgênera.

Eu tenho 43 anos e consigo notar que, uma vez a cada década, eu fiz um esforço combinado para fazer com que minha identidade trans fosse pública. O que faz isso ser diferente dessa vez é que eu estou em um momento estável na minha vida. Trabalhar com o LCD Soundsystem durante o ano passado inteiro e então ter um bom tempo livre para focar no meu cuidado pessoal foi muito importante para mim. Esse é o resultado. Eu não gosto do termo ‘se assumir’, mas às vezes é o único jeito de dizer isso.

Russom se uniu oficialmente ao LCD Soundsystem em 2010 para gravar o álbum This Is Happening, mas já vinha colaborando com o fundador James Murphy nos outros discos da banda.

Quando perguntada sobre como seus colegas de banda encararam a notícia, Gavin comentou: “O sentimento geral do grupo é que isso vai tornar a banda melhor”.

O LCD Soundsystem irá lançar seu primeiro álbum de estúdio em sete anos, American Dream, no dia 1º de Setembro.

   
 
Compartilhar