Com ingressos esgotados, Boyce Avenue arrebata público no RJ

Irmãos Manzano se apresentaram para os cariocas no último sábado (10), no Vivo Rio

Boyce Avenue no Rio de Janeiro
Foto: Gabriel von Borell
 

Super popular no YouTube (com quase 10 milhões de inscrições na plataforma), o Boyce Avenue retornou ao Rio de Janeiro no último sábado (10) para se apresentar para uma plateia lotada. O show aconteceu no Vivo Rio, na Glória, Zona Sul da cidade, e deixou os fãs dos irmãos Manzano ensandecidos. Marcado para ter início às 21h30, a apresentação só começou 25 minutos depois, quando a casa de espetáculos já estava tomada pelo público.

Assim que o Boyce Avenue entrou no palco, a plateia se manifestou efusivamente. A música que abriu o repertório foi “I’ll Be the one”, do EP No Limits, lançado em 2014. O público não conseguiu ouvir o início da canção pois o microfone parecia desligado, mas rapidamente a falha técnica foi corrigida e os fãs escutaram a esperada voz de Alejandro. Ao lado de seus dois irmãos mais velhos, Fabian (guitarra e backing vocals), de 32 anos, e Daniel (baixo), de 36, o cantor, de 30, agitou os presentes na sequência com o cover das canções do Oasis “What’s the Story Morning Glory” e “Wonderwall”. Na bateria, um vigoroso músico de apoio comandava as baquetas com competência.

Quando a execução das músicas dos irmãos Gallagher terminou, Alejandro saudou a plateia. “Rio, muito obrigado!”, disse, em português. “Nós estamos muito felizes de estar de volta aqui”, completou o vocalista, em inglês. Em seguida, o Boyce Avenue tocou a potente “Imperfect Me”, do disco mais recente da banda, Road Less Traveled, de 2016. Ao final da faixa, Alejandro perguntou se todos estavam bem. “Essa próxima canção eu escrevi com meu irmão Daniel”, anunciou o frontman, antes de cantar “One life”.

Apesar de seu trabalho autoral ser bastante interessante, são mesmo as versões de hit de outros artistas que mais empolgam seus fãs. Sendo assim, a execução de “Everlong”, do Foo Fighters, colocou todo mundo para pular e bater cabeça. Logo após veio a excelente balada “Cinderella”, fazendo os casais presentes na plateia (não importa qual fosse sua orientação sexual) se aproximarem para trocar carinhos e curtir a música coladinhos. Em seguida, Alejandro avisou ao público que começaria o set acústico da apresentação. O cantor então ficou sozinho no palco e pediu para os fãs cantarem junto com ele as canções que viriam.

A primeira parte da sessão acústica teve a dobradinha de “Love Me Like You Do”, da Ellie Goulding, e “Thinking Out Loud”, do Ed Sheeran, e foi acompanhada em forte coro pela plateia, conforme solicitado pelo Manzano mais novo. Depois disso, Alejandro chamou seus irmãos de volta ao palco e os apresentou para o público, que reagiu com muitos aplausos. “A próxima canção do repertório foi a primeira música que a gente compôs”, revelou o cantor, antes de dedilhar no violão os primeiros acordes de “Find Me”, faixa presente no álbum de estreia do Boyce Avenue, All You’re Meant to Be, de 2008.

O set acústico foi encerrado em grande estilo com o cover de “Despacito”, fenômeno de Luis Fonsi que dominou as paradas musicais pelo mundo inteiro recentemente. Era hora então de chamar o baterista de volta ao palco e também apresentá-lo à plateia. Novamente com a banda completa, o Boyce Avenue seguiu contagiando os fãs com as autorais “Every Breath” (quando Alejandro esqueceu um trecho da letra e arrancou risadas do público), “Pick Yourself Back Up Again” e “Be Somebody”, além dos covers de “Use Somebody”, do Kings of Leon, “Teenage Dream”, da Katy Perry, “Fast Car”, da Tracy Chapman, e “Hello”, da Adele.

É preciso destacar que, ao final da execução de “Fast Car”, o Vivo Rio aplaudiu em peso o grupo, em uma bonita e prolongada reverência. Visivelmente encantado, Alejandro agradeceu, mais uma vez em português. A música que fechou a apresentação antes do bis, às 23h10, foi “When the Lights Die”, do CD All We Have Left, lançado em 2010. Poucos minutos depois, o Boyce Avenue reapareceu no palco, para a alegria dos fãs.

A sequência derradeira do show começou com a emocionante “On My Way” e continuou com a bela versão de “Iris”, do Goo Goo Dolls, fazendo todos sacarem seus smartphones para transformar a casa de espetáculos em um mar de luzes brancas. Para encerrar a apresentação, os irmãos nascidos na Flórida tocaram “Anchor”, fechando seu show em cerca de 1h30 de duração e com a energia lá em cima. Como resumo da ópera, pôde-se constatar que as mais de 3 bilhões de visualizações no YouTube do Boyce Avenue são bem merecidas.

Setlist:

1- “I’ll Be the One”
2- “What’s the Story Morning Glory”/ “Wonderwall” (cover de Oasis)
3- “Imperfect Me”
4- “One Life”
5- “Everlong” (cover de Foo Fighters)
6- “Cinderella”
7- “Love Me Like You Do” (cover de Ellie Goulding)/ “Thinking Out Loud” (cover de Ed Sheeran)
8- “Find Me”
9- “Despacito” (cover de Luis Fonsi)
10- “Every Breath”
11- “Use Somebody” (cover de Kings of Leon)
12- “Pick Yourself Back Up Again”
13- “Teenage Dream” (cover de Katy Perry)
14- “Fast Car” (cover de Tracy Chapman)
15- “Be Somebody”
16- “Hello” (cover de Adele)
17- “When the Lights Die”

Bis:

18- “On My Way”
19- “Iris” (cover de Goo Goo Dolls)
20- “Anchor”

  

Comentários