PJ Harvey discute a questão dos refugiados no clipe da nova “The Camp”

Canção conta com o egípcio Ramy Essam, uma das vozes mais importantes da Revolução Egípcia

Novo clipe da PJ Harvey
Foto: Reprodução / YouTube
 

A britânica PJ Harvey se uniu ao egípcio Ramy Essam para compor “The Camp”. Os versos da canção falam sobre desesperança e abandono, fazendo referência à questão dos refugiados.

Isso fica ainda mais evidente com o vídeo feito para a canção. Em parceria com o fotojornalista Giles Duley, o clipe é recheado de fotografias que mostram sírios refugiados no Líbano. As imagens captam bem a angústia e o sofrimento desses refugiados, entrando em sincronia com o tema da música.

capa-the-camp

 

O legado de Ramy Essam

Ramy Essam, embora pouco conhecido internacionalmente, ganhou visibilidade em 2011, durante a Revolução Egípcia, e virou uma figura política importante para o país. Sua música “Irhal” (“Vá Embora”, em tradução livre) refletia a indignação do povo egípcio com o cenário político de então, virando o hino dos protestos locais da época.

Acredita-se que a renúncia do presidente Hosni Mubarak tenha sido fortemente influenciada pelo peso dessa canção, afinal ela teve a habilidade de unificar as vozes de um povo desesperado.

“The Camp” é a terceira música inédita que PJ Harvey lançou em 2017. No início do ano, a artista lançou duas músicas chamadas “A Dog Called Money” e “I’ll Be Waiting”. O último álbum de estúdio, The Hope Six Demolition Project, foi lançado em 2016.

Atualmente em turnê, PJ Harvey será uma das atrações do Popload Festival desse ano. O evento acontecerá em São Paulo, no dia 15 de Novembro.

 
 Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA automaticamente! 

Comentários