O dia em que Paul McCartney deu um soco na cara de Eddie Vedder

"Depois que a dor passou e o inchaço foi embora, eu senti falta"

Paul McCartney e Eddie Vedder
Fotos: Wikimedia Commons e Divulgação

É, amigos, acredite: Paul McCartney deu um soco na cara de Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam e o deixou sangrando.

Mas calma, foi tudo um acidente.

Quem contou a respeito foi o próprio líder da banda de Seattle, que apresentou um DJ set como convidado no novo canal dos Beatles na rádio via satélite SiriusXM, que conta com dezenas de canais temáticos de diferentes estilos, movimentos e artistas.

Por lá, ele falou como uma vez em Seattle os dois estavam em um bar quando Paul começou a contar uma história justamente sobre o dia em que deu um soco na cara de outra pessoa.

Aparentemente a lenda dos Beatles se empolgou um pouco demais e acabou acertando Eddie Vedder no rosto quando mostrava como havia feito:

Eu fui acertado. Ele me acertou. A história continuou e era uma grande história pessoal, incrível. Eu peguei o final dela, mas enquanto ouvia, pensava, ‘Paul McCartney acabou de me acertar no rosto e doeu!’ [risos] Eu acho que me lembro de sentir o gosto do sangue.

Ele pediu desculpas rapidamente, pra não atrapalhar a história que estava contando. Foi um grande momento da minha vida, ser acertado por Paul McCartney. Eu me lembro que doeu durante alguns dias e quando a dor passou e o inchaço diminuiu, eu passei a sentir falta.

Você pode ouvir a entrevista logo abaixo.

Comentários