Incrédulos: Tom Morello e Serj Tankian falam sobre a morte de Chris Cornell

"Eu ainda acho que isso é algum tipo de erro"

Serj Tankian em protesto sobre genoício na Armênia
Foto via Shutterstock

Foto de Serj Tankian via Shutterstock

A revista Rolling Stone lançou, recentemente, uma longa matéria cobrindo os últimos meses do cantor Chris Cornell — e seu relacionamento com vários músicos colegas do cantor.

Um deles é Serj Tankian, o frontman do System of a Down. O cantor relembrou ter conversado com Cornell durante a última festa de aniversário de Elton John, que aconteceu em Março.

“Nós tivemos essa longa conversa, sentamos próximos um do outro”, comentou o músico. Os dois falaram sobre trilhas de filmes e sobre a ideia de Cornell fazer shows com uma orquestra. Em determinado ponto, Tankian perguntou se o cantor estava cansado de turnês.

Para mim é divertido, mas não é nada de diferente. Mas Cornell era o oposto: ‘Eu estou bem animado. Vou fazer essa turnê com o Soundgarden. Tenho essas outras ideias…’

Ele tinha planos, cara.

Tom Morello, que foi companheiro de banda do cantor no grupo Audioslave, relembrou o show de reunião que a banda fez no começo desse ano.

Nós saímos juntos depois do show — a gente riu, tirou fotos. A última coisa que ele disse pra mim foi, ‘Eu me diverti tanto. Adoraria fazer isso novamente. Entre em contato.’ E eu falei, ‘Sim, vamos combinar!’

É inacreditável. Eu não sei quais são as fases do luto, mas eu estou na primeira. Eu ainda acho que isso é algum tipo de erro — que ele vai entrar em contato dizendo ‘Eu estou bem, me desculpa. Foi só um susto. Tudo vai ficar bem.’

Você pode ler o resto da matéria (em inglês) clicando aqui.

Comentários