Chris Cornell: vendas de álbuns do músico crescem mais de 2000%

Ao todo, os álbuns e faixas com os quais o cantor esteve envolvido venderam 421 mil cópias

Chris Cornell
 

De acordo com a Billboard, os números de streaming e vendas de discos de projetos de Chris Cornell aumentaram desde seu falecimento no 18 de Maio.

Embora o primeiro ciclo de vendas após a morte do músico tenha sido encerrado um dia após seu falecimento, as redes de streaming acabaram contribuindo para que vários álbuns de bandas do músico voltassem a aparecer no top 200 de álbuns nas paradas americanas.

Já no segundo ciclo de vendas, que se encerrou no dia 25 de Maio, o álbum Superunknown, do Soundgarden, passou da posição 32 para 28 na Billboard 200, enquanto a trilha sonora do filme Singles, de 1992 — que conta com várias bandas da época do grunge —, voltou às paradas na posição de número 33.

Além disso, o álbum homônimo do Audioslave pulou de 54º para 37º, enquanto o Badmotorfinger do Soundgarden foi de 110º para o 64º lugar. Por fim, o disco do Temple of the Dog foi de 136º para 80º; o álbum ao vivo Songbook, de Cornell, foi de 183º para 82º; o álbum solo Higher Truth, de Cornell, entrou na para com o 155º lugar; e Down On The Upside, do Soundgarden, voltou às paradas na posição de 158.

A Billboard ainda apontou que as músicas de Cornell receberam um aumento de vendas de 2396% comparado às duas semanas antes de sua morte. Ao todo, os álbuns e faixas com os quais o cantor esteve envolvido venderam 421 mil cópias e tiveram 81 milhões de streamings — comparados aos 10.1 milhões de streaming das semanas anteriores.

 
 Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA automaticamente! 
Compartilhar

Comentários