Skank em homenagem a Jorge Ben Jor
Foto por Doni Maciel
 

Por Doni Maciel

Porto Alegre foi a primeira capital a receber o a nova edição do projeto Nivea Viva Apresenta, que ainda passa por mais sete capitais do Brasil. Pela primeira vez, o homenageado estará presente, e trata-se de ninguém menos que Jorge Ben Jor.

Fica a cargo dos mineiros do Skank e da cantora Céu a tarefa de introduzir ao público parte da grandiosa obra do mestre Jorge Ben, antes do homenageado literalmente animar a festa.

Coletiva

Durante a entrevista coletiva que aconteceu no Hotel Sheraton, em Porto Alegre, Céu, Skank e Ben Jor falaram sobre o projeto. O homenageado se disse muito grato pela homenagem, e pela escolha dos intérpretes que o acompanharão durante a turnê.

Samuel Rosa, porta voz dos mineiros por sua vez, falou da honra e responsabilidade de fazer parte de um projeto tão importante, que reverencia o padrinho do banda. O Skank gravou em seu primeiro disco “Cadê o Pênalti?” de Jorge Ben. Já a paulista Céu disse estar encantada em poder dividir o palco com um de seus ídolos. A curiosidade fica por conta de Ben Jor ter composto (em parceria com Toquinho) uma música dedicada à mãe da paulista, “Carolina, Carol Bela”, a qual os presentes tiveram o gostinho de ouvir um trechinho a capella, logo após o autor da música contar a história a seu respeito. Segundo ele, Carolina (mãe de Céu) namorava na época seu amigo e parceiro Toquinho, e como gostava muito da moça, decidiu por homenageá-la com a canção.

Esta é a primeira vez que o homenageado se faz presente, já que em edições anteriores foram celebradas as obras de Elis Regina, Tom Jobim e Tim Maia.

 

O Show

120 mil pessoas lotaram o Anfiteatro Por do Sol, na capital gaúcha, em um dia lindo e ensolarado, o que fez do local um cenário perfeito para uma tarde tropical.

O Skank subiu e representou muitíssimo bem a obra do padrinho, e acompanhado de Céu, deixou o espetáculo cada vez mais bonito, passando por todas as fases da carreira de Jorge Ben. Foram apresentados “País Tropical”, “Oba Lá Vem Ela”, “Os Alquimistas Estão Chegando” entre tantos outros hits.

O momento tão esperado veio enquanto Skank e Céu ainda estavam no palco e a Banda do Zé Pretinho foi se colocando a postos para a chegada do homenageado, que entrou e bradou a multidão: “Eu amo Porto Alegre! Eu amo essa galera!”. Não precisou muito pro Anfiteatro vir abaixo e saudar Jorge com “Jorge de Capadócia”. E o fim de tarde seguiu com “Banda do Zé Pretinho”, o mega hit “W Brasil”, e por fim uma grande festa com “Filho Maravilha”. Uma homenagem justa a um dos maiores nomes da nossa musica.

SALVE JORGE!!!

     
 
Compartilhar