Chuck Berry
 

No final de semana passado perdemos o icônico Chuck Berry. O músico foi encontrado morto em sua casa em St Louis e, mais tarde, foi revelada a causa como morte natural.

Em uma entrevista de 1980 para o zine Jet Lag, Chuck Berry contou que não estava por dentro das novidades musicais.

Eu só tenho seis álbuns dos últimos dez anos e quatro deles foram presentes.

Aproveitando o assunto, o entrevistador perguntou para o músico sua opinião sobre alguns artistas que estavam fazendo sucesso na época. Entre eles, Ramones, Sex Pistols e Talking Heads.

Leia abaixo algumas mini resenhas feitas por Chuck Berry:

The Sex Pistols – “God Save The Queen”
“Com o que esse cara está tão bravo? O trabalho e a progressão da guitarra parece comigo. Não consigo entender a maior parte do que ele está cantando. Se você está bravo, pelo menos deixe as pessoas saberem sobre o que você está bravo.”

The Clash – “Complete Control”
“Parece com o outro [Sex Pistols]. O ritmo e os acordes trabalham bem juntos. Esse cara estava com a garganta doendo quando cantou essa música?”

Ramones – “Sheena is a Punk Rocker”
“Esses caras me lembram de quando eu estava começando, eu também só sabia três  acordes.”

The Romantics – “What I Like About You” | 20-20 – “Oh Cheri” | The Beat – “Different Kind Of Girl”
“Finalmente algo para dançar. Parece os anos 60 com alguns de meus riffs. Você considera isso novo? Eu já ouvi isso várias vezes. Eu não entendo o rebuliço.”

The Gladiators – “Sweet So Still” | Toots and the Metals – “Funky Kingston” | Selector – “On The Radio”
“Isso é bom, bem suave e sentimental. Parece muito com meu velho amigo Bo Diddley, mas um pouco mais devagar. Eu tentei algo parecido uma vez com uma música chamada ‘Havana Moon’.”

Talking Heads – “Psycho Killer”
“É bem vibrante, isso com certeza. Eu gosto bastante do baixo. Boa mistura e flui muito bem. O cantor parece que tem um caso sério de medo de palco.”

Wire – “I Am the Fly”
“Então isso que chamam de coisa nova. Não é nada que eu não tenha ouvido antes. Parece um blues antigo que BB e Muddy tocavam no backstage de um antigo anfiteatro em Chicago. Os instrumentos podem sem diferentes mas o experimento é o mesmo.”

O músico também contou um pouco sobre suas influências no começo da carreira: Carl Hogan, guitarrista de Louis Jordan, Muddy Waters, T-Bone Walker e o guitarrista de Benny Goodman, Charley Christian.

Logo abaixo você pode conferir a entrevista e suas resenhas na íntegra, em inglês:

Entrevista Chuck Berry

Chuck Berry Fala Sobre Músicas De Sua Época

     
 
Compartilhar